5 opções de investimentos pra começar investindo pouco
Educação Financeira

5 opções de investimentos pra começar investindo pouco

Onde investir? Essa dúvida é cada vez mais comum entre as pessoas que possuem uma certa estabilidade financeira e se preocupam, tanto com a aposentadoria, como com o futuro dos seus filhos.

No entanto, a maioria dos manuais financeiros requerem longas pesquisas e acompanhamento intenso do mercado, o que não é uma tarefa muito fácil para quem possui uma rotina intensa de trabalho.

Hoje vamos tentar facilitar esta tarefa e apresentar cinco opções de investimento para quem quer começar a investir, mas não quer aplicar uma quantia volumosa no início desta empreitada. Curioso? Vamos às opções!

Previdência Privada

Uma das opções de investimento mais conhecidas é a previdência privada, onde seu investimento pode começar com valores mais baixos, a partir de aproximadamente R$ 200,00 por exemplo. A vantagem da previdência privada é a cobrança feita em prestações, o que cria um compromisso de se juntar dinheiro mensalmente.

Há empresas, inclusive, que aplicam a mesma quantia que seus funcionários neste fundo, o que resulta no armazenamento do dobro do valor investido. A previdência privada, entretanto, possui restrições para retirar o dinheiro antes do prazo, como a taxa de carregamento e o imposto de renda, dependendo do modelo de tributação.

O Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL), um dos modelos de previdência privada, permite dedução de até 12% do Imposto de Renda (IR) para quem aderir.

Títulos públicos federais

Existe, também, a possibilidade de se investir no tesouro direto. Comprar um título público funciona como uma espécie de empréstimo ao governo federal, que é, em tese, o credor mais seguro que existe. O governo usará este capital em projetos de educação, saúde, infraestrutura, entre outros.

É um investimento tão seguro quanto a previdência privada, embora sejam situações distintas. Há ainda a vantagem de possibilitar baixas quantias, além de ser aconselhável aplicações a longo prazo. Além disso, esta é uma das opções de investimento que sofre cobrança de imposto de renda.

Bolsas de Valores

Aplicar dinheiro em ações na bolsa é a forma mais conhecida de se investir. Normalmente, elas estão atreladas ao índice IBOVESPA, que é o principal parâmetro neste país. As aplicações, neste caso, partem de aproximadamente R$ 1 mil.

Ao comprar ações na Bolsa de Valores, o investidor precisa seguir as carteiras recomendadas, que são produzidas por analistas e técnicos especializados. Assim, é possível ter mais apoio na hora de aplicar. Nós, da ATIVA Investimentos, produzimos carteiras recomendadas para auxiliar este tipo de aplicação.

Clubes de investimento

Para quem não tem muita experiência com o mercado financeiro, os clubes de investimento costumam ser uma boa saída. Normalmente as pessoas se juntam com amigos ou familiares e conseguem investir um valor um pouco maior.

Na ATIVA, os clubes de investimento são formados com o mínimo de três cotistas. Em um clube com o investimento inicial de R$ 200 mil, o máximo permitido são 50 pessoas.

As principais vantagens são a redução dos custos operacionais e a possibilidade de decisões serem tomadas em conjunto. Embora os lucros sejam divididos, quanto mais pessoas estiverem neste grupo, mais olhares atentos ao mercado poderão ajudar a escolher o lugar ideal para aplicar seu dinheiro.

Fundos imobiliários

Para investir quantias um pouco maiores, com valores de aproximadamente R$ 5 mil, você pode optar por fundos de investimentos imobiliários. Neste caso, se adquire cotas de empreendimentos em construção, ou até mesmo prontos. Os lucros vêm de aluguéis ou, até mesmo, da valorização destes imóveis.  

A aplicação neste fundo pode ser feita, não apenas em imóveis, mas também em shopping ou galpões industriais, por exemplo.

Estas são opções de investimento mais confiáveis para rentabilizar o patrimônio de quem possui um cotidiano intenso e não tem tempo para acompanhar a intensidade do mercado financeiro. Gostou das dicas? Assine a nossa newsletter e receba as melhores dicas de investimento!

 

Share on Facebook258Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn27
Você deve gostar também
Casamento à vista: saiba como se planejar financeiramente
Educação financeira: 8 dicas para ensinar os filhos sobre dinheiro
4 dicas para escolher a corretora de investimento para suas ações
Sem comentários
  • Michael Terra
    2017-02-06T21:15:00+00:000000000028201702 em 21:15
    Responder

    Simples e de fácil leitura! Legal!

    • 2017-02-07T11:15:43+00:000000004328201702 em 11:15
      Responder

      Olá Michael,
      Tudo certinho?
      Valeu pelo seu feedback 🙂

      Abs

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web

%d blogueiros gostam disto: