5 tipos de investimento em renda fixa - Blog ATIVA Investimentos 5 tipos de investimento em renda fixa - Blog ATIVA Investimentos
Educação Financeira

5 tipos de investimento em renda fixa e seus prós e contras

Em Investimentos de Renda Fixa, você empresta dinheiro ao emissor do papel, que pode ser um banco, outra instituição financeira, uma empresa ou até mesmo o Governo brasileiro. Em troca, você recebe o valor que investiu, acrescido de juros ou correção monetária, de acordo com um determinado prazo.

Essas aplicações podem ser pré-fixadas, cujo rendimento é conhecido no momento de sua emissão; ou pós-fixado, cujo rendimento é conhecido a posteriori. Você tem interesse em fazer investimentos em renda fixa? Observe logo abaixo mais detalhes sobre os principais títulos que são operados pela ATIVA.

Tesouro Direto

Os investimentos no Tesouro Direto consistem na compra de títulos públicos que servem como uma forma de financiar as diversas operações do governo. Vale dizer que a segurança deste tipo de investimento é garantida.

O Tesouro Direto também pode ser pré ou pós-fixado e pode contar com prazos diferentes para o seu resgate a depender da necessidade do investidor. As vantagens de investir no Tesouro Direto incluem:

  • Rentabilidade competitiva se comparado com outras aplicações de renda fixa;
  • Possibilidade de indexar os rendimentos à taxa de juros ou à inflação, protegendo o poder de compra; e
  • Baixa necessidade de investimento inicial, que pode ocorrer a partir de R$ 30,00.

Quanto às desvantagens, as que se destacam para quem deseja investir no Tesouro Direto são:

  • Incidência da tabela regressiva do Imposto de Renda;
  • Prazo maior, se comparado com outros investimentos de renda fixa privada.

LCI e LCA

LCI é a sigla para Letra de Crédito Imobiliário; e LCA é a sigla para Letra de Crédito do Agronegócio. Basicamente, esses investimentos existem com o objetivo de que as instituições financeiras possam financiar as operações no setor imobiliário e no agronegócio, favorecendo o desenvolvimento desses setores.

Se você já ouviu sobre essas espécies de investimento e gostaria de aplicar na LCI ou na LCA, ou mesmo se aprofundar sobre tais letras de crédito, seria ótimo que conversasse com algum agente da ATIVA e verificasse as condições. Porém, já é possível investir tanto em LCA quanto em LCI com o mínimo de R$ 10 mil.

As LCIs e LCAs podem ter a sua rentabilidade pré-fixada ou pós-fixada — e podem render segundo um percentual do CDI (Certificado de Depósito Interbancário). As vantagens desse tipo de investimento incluem:

  • Rentabilidade acima de outras opções do mercado;
  • Isenção do Imposto de Renda e
  • Garantia até R$ 250 mil por parte do Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

Os contras, por sua vez, incluem questões como:

  • Possível dificuldade para encontrar esses títulos;
  • Tanto a LCA quanto a LCI só podem ser resgatadas no vencimento;
  • O FGC não cobre aplicações acima de R$ 250.000,00.

CDB

O investimento em Certificados de Depósito Bancário (CDBs) assinala aplicações que servem para financiar as atividades de crédito. Eles na verdade são títulos de dívidas assumidos pelos investidores de modo que os bancos possam realizar empréstimos e financiamentos.

Esse tipo de investimento ainda paga de acordo com o CDI, taxa pré-fixada ou indicadores de inflação, como o IPCA. Mas, dependendo do risco do emissor e da dificuldade em obter crédito, os valores podem ultrapassar até mesmo o CDI – ou seja, a porcentagem pode ser maior do que 100%.

Os principais pontos positivos desse tipo de investimento incluem:

  • Possibilidade de ganhos elevados com risco moderado;
  • Garantia até R$ 250 mil no FGC e
  • O título de liquidez diária pode ter resgate sempre que o cliente quiser.

As desvantagens, por sua vez, incluem questões como:

  • Riscos maiores associados a bancos com mais dificuldade de crédito;
  • Cobrança de IR na tabela regressiva;
  • IOF para aplicações inferiores a 30 dias;
  • Na maioria das instituições financeiras, há cobrança de taxa de administração. Lembre-se: na Ativa, essa taxa não é cobrada.

Debêntures

Já as debêntures consistem em títulos de dívidas de grandes empresas. Esses títulos são emitidos e colocados à disposição para investidores porque para uma empresa é mais barato pagar a rentabilidade do investimento do que as taxas de juros de um financiamento bancário.

O rendimento desse tipo de aplicação depende de cada empresa, que pode pagar um valor maior ou menor dependendo da sua necessidade de crédito e do seu tamanho. Para fazer esse investimento, é possível contar com a ATIVA Investimentos para te ajudar na avaliação da situação atual da empresa. Nesse sentido, as principais vantagens incluem:

  • Rentabilidade atrativa, normalmente atrelada ao CDI ou à taxa de inflação;
  • Prioridade de pagamento em alguns casos em que a empresa sofra falência e
  • Mercado secundário em ascensão.

Quanto às desvantagens, as principais incluem:

  • Incidência do Imposto de Renda (exceto para as incentivadas de infraestrutura, que são isentas de IR para pessoa física e têm alíquota de 15% para pessoa jurídica);
  • Riscos de que a empresa sofra falência e não consiga pagar os investidores.

LC – Letra de Câmbio

É um investimento destinado a qualquer tipo de investidor que deseja ter rendimentos melhores que o da poupança, que tenha objetivos de médio a longo prazo. A LC é um título de renda fixa, com lastro em uma transação comercial.

Algumas das vantagens são:

  • Investimento inicial relativamente baixo (a partir de R$ 10 mil);
  • Rentabilidade diária;
  • Não há taxa de custódia na ATIVA Investimentos.

Já entre as desvantagens, você vai se deparar com:

  • Incidência de IR, com tabela regressiva.

Os investimentos em renda fixa são excelentes opções para fazer crescer seu patrimônio e pôr os recursos que tem juntado para trabalhar por você. Contudo, para que você saiba de maneira apropriada onde investir e quais são as melhores opções que o mercado oferece no momento, vale a pena contar com a ajuda de uma assessoria especializada e de alta qualidade: a ATIVA Investimentos oferece.

Com diferentes opções, a Renda Fixa é uma boa possibilidade tanto para quem está começando a investir, como para quem já tem experiência no mercado financeiro. Você ainda tem dúvidas sobre investimento em renda fixa? Não deixe de comentar, dê sua opinião, escreva sua questão, para que possamos ajudá-lo.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn25

ASSINE A NOSSA NEWSLETTER!

Gostou do conteúdo? Assine a nossa news receba no seu e-mail e-books, palestras, dicas e artigos ;)

Você se inscreveu com sucesso! Cheque seu e-mail :D

ATIVA Investimentos
A ATIVA Investimentos é uma corretora com mais de 30 anos no mercado financeiro que sempre souber ver além oferecendo as melhores opções de investimentos para os seus clientes. Nossos Produtos: Renda Fixa, Fundos de Investimentos premiados, Tesouro Direto, Previdência Privada, Seguro de Vida resgatável, Câmbio de moedas, Ações e entre outros.
Você deve gostar também
Wealth Management: como está a gestão da sua riqueza?
Viagem internacional: o que avaliar ao fazer o câmbio de moedas?
4 desvantagens de investir por meio de um banco
6 Comentários
  • Raul Detman
    13/11/2016 em 21:30
    Responder

    tenho pesquisado bastante sobre o assunto, e sempre me identifico com LCI, Vejo como um investimento de baixo risco, boa rentabilidade. Como citado no post acima, alguns bancos exigem valores altos para iniciar o investimento, tornando-se pouco acessível. parabéns pelo post.

    • 14/11/2016 em 14:42
      Responder

      Olá Raul, tudo bem?
      Ficamos felizes em saber que você gostou do nosso post. Confira os outros também!
      Já pensou em começar a investir? Um de nossos assessores pode entrar em contato com você e tirar todas as suas dúvidas.
      Conte conosco 🙂

  • Sandro
    16/04/2016 em 13:10
    Responder

    Nas desvantagens do CDB da a entender que não tem IR para aplicações com prazo maior que 30 dias, deveria destacar que é IR regressivo, assim como todas que tem IR.

    • 18/04/2016 em 11:39
      Responder

      Olá Sandro.
      Verdade. Tem sim o IR na tabela regressiva. Irei modificar para melhorar a explicação. 🙂

  • Alexandre Vieira Gomes
    15/04/2016 em 14:43
    Responder

    De maneira clara e didática é apresentada as opções de ciosamente,investimentos em renda fixa. Aproveito a oportunidade para solicitar maiores informações. Aten

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web

ASSINE E RECEBA DICAS SOBRE RENDA FIXA E OUTROS INVESTIMENTOS

ASSINE E RECEBA DICAS SOBRE RENDA FIXA E OUTROS INVESTIMENTOS

Procurando dicas e materiais sobre Renda Fixa? Assine a nossa newsletter e receba tudo no seu e-mail. 

Recebemos a sua assinatura!