Câmbio de moedas: Melhores opções para viagens | Blog ATIVA
Educação Financeira

Câmbio de moedas: quais são as melhores opções para viagens?

Na hora de viajar para o exterior, o planejamento é fundamental. E não basta fazer a reserva em um hotel e comprar a passagem aérea. Quem vai para outro país precisa saber como trocar o real pela moeda estrangeira. Levar dinheiro vivo, usar cartões pré-pagos, fazer remessas ou realizar as transações no exterior com cartões de crédito? Com tantas opções à disposição, como selecionar as mais adequadas para seu caso? Na dúvida, uma boa dose de comparação é sempre importante, evitando maiores dores de cabeça lá na frente. Para ajudar na escolha, preparamos este post com detalhes sobre as diferentes opções de câmbio de moedas. Confira e tire suas próprias conclusões:

Cartões pré-pagos

Os cartões pré-pagos de viagem (também conhecidos como travel money) costumam ser bastante usados no câmbio de moedas. Trata-se de uma das melhores opções para quem pretende viajar ao exterior por apresentar bastante facilidade e praticidade. Hoje em dia, há cartões pré-pagos que permitem recargas em diferentes tipos de moedas, das mais tradicionais (como dólar, euro e libra) a menos abrangentes, usadas localmente em determinados países (como o peso argentino e o dólar australiano). Mas essa é apenas uma das vantagens do uso de cartões pré-pagos, viu?

Tais instrumentos ajudam também no planejamento financeiro da viagem, já que a taxa de câmbio é previamente fixada. Assim dá para saber quanto você vai gastar antes mesmo de arrumar as malas. Os cartões pré-pagos contam ainda com uma série de outros benefícios, como saques em moeda estrangeira, recargas e consulta de saldo pela internet, além de reposição rápida em caso de roubo, perda ou furto, sem que os valores carregados sejam perdidos. E todos esses aspectos positivos fazem parte do ATIVA Travel Money, cartão pré-pago da ATIVA Investimentos.

Disponível em dólar americano, australiano, canadense, euro e libra esterlina, o cartão ainda conta com outras vantagens:

  • Não cobra juros para saques internacionais;

  • É aceito em mais de 30 milhões de estabelecimentos comerciais espalhados por mais de 200 países ao redor do mundo;

  • Não cobra anuidade;

  • É possível receber o cartão em casa, enviado via correio, ou o cliente pode retirar na loja;

  • Não apresenta custos de carga ou recarga — ressaltando que o valor mínimo da carga é 50 dólares. .

Lembrando que, ao usar cartões pré-pagos, o viajante precisa arcar com dois custos: taxa de câmbio e Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), que atualmente corresponde a 6,38%.

Compra de moeda

Há ainda quem prefira comprar moeda na hora de viajar para outros países, alternativa também eficiente, mas não tão segura quanto manter os recursos carregados em um cartão pré-pago. E a lógica é simples: se o dinheiro for roubado, perdido ou furtado, não há como recuperá-lo. Por isso, para pessoas que precisam carregar grandes quantias ao longo da viagem, é uma modalidade que deve ser ponderada. Já no caso de viagens mais curtas ou se a intenção é economizar no passeio, essa pode ser uma opção interessante.

Uma das principais vantagens no uso de dinheiro vivo é a tributação menor comparada a outras formas de câmbio de moedas. Nesse caso, o IOF incidente é de apenas 1,10%. Por último, vale lembrar que, assim como os cartões pré-pagos, comprar moeda também é interessante do ponto de vista de planejamento financeiro, pois permite ao viajante fixar a taxa de câmbio.

Envio de remessas

As remessas internacionais são uma das formas mais práticas de se enviar ou receber dinheiro para pagar cursos imóveis, já que possibilitam transações entre moedas de maneira rápida e simples. Para que esse processo realmente seja facilitado, você pode nos consultar e tirar todas as suas dúvidas! Assim podemos agilizar o envio da sua remessa para o exterior. Lembrando que atualmente é possível fazer remessa para a maioria dos países.

Nesse caso, ao realizar a remessa pela ATIVA Investimentos, podemos adiantar que o custo para remessas em dólares é de 20 dólares por operação, enquanto as remessas em outras moedas têm cobrança de 30 dólares.

Cartões de crédito

Além do IOF de 6,38%, o uso de cartões de crédito em viagens ao exterior não permite fixar uma taxa de câmbio. Assim, para saber quanto realmente foi gasto na viagem, é preciso esperar o vencimento da fatura. E como a cotação da moeda pode oscilar entre a data da compra e o fechamento da fatura, o cenário de imprevisibilidade é agravado. Isso significa que uma possível elevação da moeda estrangeira pode tornar a viagem muito mais cara que o inicialmente imaginado. Sem contar que, em caso de perda, roubo ou furto, a reposição dos cartões de crédito costuma ser bem mais demorada.

Detalhes importantes

Vale pontuar aqui alguns detalhes igualmente importantes no quesito viagem ao exterior. Você provavelmente já ouviu falar, mas realmente sabe qual é a diferença entre dólar comercial e turismo? Existe um limite para o câmbio de moeda? Descubra já:

Dólar comercial x turismo

Sabe aquele valor exibido nos jornais diariamente? Em geral, corresponde à cotação do dólar comercial, usado como referência por grandes empresas para fazer importações e exportações de mercadorias ou pelo governo brasileiro nas suas movimentações financeiras no exterior. O valor do dólar comercial é definido pelo mercado conforme as transações ocorridas ao longo do dia.

Mas na hora de viajar, é preciso observar a cotação do dólar turismo, referência usada no câmbio de moedas para adquirir passagens aéreas ou gastar em estabelecimentos internacionais, por exemplo.

Limite de câmbio

Você também precisa saber que, apesar de não haver limite para levar dinheiro em espécie nas viagens ao exterior, ao viajar com mais de 10 mil reais, deve-se prestar contas à Receita Federal. Nesse caso, informa-se a quantia ao órgão por meio da Declaração Eletrônica de Bens do Viajante (e-DBV), disponível no site. No momento de saída do país, é preciso se dirigir à fiscalização aduaneira para a conferência da declaração. Quem não apresenta o documento fica sujeito à retenção do dinheiro, assim como à aplicação de sanções penais previstas na legislação brasileira.

Só não se esqueça que, ao viajar, um cuidado extremamente importante é trocar a moeda em um lugar confiável e seguro como a ATIVA Investimentos! E agora que você já conhece as opções de câmbio de moedas, que tal fazer uma cotação no site? A ATIVA tem as melhores condições para quem quer viajar com tranquilidade e segurança!

 
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn34
Você deve gostar também
Por que o grau de investimento do Brasil é importante para o mercado internacional?
Controle financeiro: como reduzir gastos no dia a dia?
Alugar ou comprar um imóvel? Veja nossas dicas!

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web