Controle Financeiro: como reduzir gastos no dia a dia? | Blog ATIVA
Educação Financeira

Controle financeiro: como reduzir gastos no dia a dia?

Ter um bom controle financeiro pode não ser uma tarefa fácil, nós sabemos disso. São tantos gastos e tentações no dia a dia que muitas pessoas acabam usando o dinheiro de maneira descontrolada. Esse é um dos principais motivos que levam muitos a ter problemas financeiros.

Por isso, preparamos este artigo que vai te ajudar a aumentar o controle sobre suas finanças reduzindo os gastos na sua rotina. Acompanhe!

Conheça suas despesas fixas

O primeiro passo para ter um bom controle financeiro é conhecer suas despesas fixas. Assim, você saberá quanto terá disponível para o restante do mês.

Considere como despesas fixas aquelas que você paga todos os meses, como aluguel, parcela do veículo, contas de água e luz, convênio médico e etc. Compras parceladas e gastos com cartão de crédito também devem ser considerados.

Estabeleça limites de gastos

O ideal é estabelecer um limite de gasto semanal que caiba no seu orçamento e ainda sobre um pouco de dinheiro no final do mês. Com metas de curto prazo, seus esforços para economizar darão resultados mais rápidos e seu controle financeiro será mais eficaz.

Do valor livre que você terá durante o mês, divida, pelo menos, 80% dele entre as quatro semanas. Assim, você saberá o quanto poderá gastar e ainda terá uma reserva para quaisquer contratempos.

Controle os gastos por meio de planilhas

Uma excelente ferramenta para ajudar a manter a disciplina do controle financeiro é a boa e velha planilha. Nela, você pode registrar suas receitas e despesas e ter uma visão mais ampla sobre a sua situação financeira.

Existem diversas opções de planilha de orçamento pessoal na internet. Entre elas, o modelo oferecido gratuitamente pelo site da Bovespa é um dos mais completos. Ele oferece um controle apurado sobre sua movimentação financeira para te ajudar a reduzir os gastos do dia a dia.

Não abuse do cartão de crédito

São tantas as facilidades oferecidas pelo cartão de crédito na hora de fazer uma compra que muitos acabam abusando dessa ferramenta. Porém, esse hábito precisa ser revisto por quem pretende reduzir os gastos.

Lembre-se que o cartão de crédito deve ser considerado como uma de suas despesas fixas. Por isso, quanto mais você utilizá-lo, mais comprometerá sua renda no mês seguinte. Além disso, os juros para quem atrasa o pagamento das faturas são altíssimos, dificultando ainda mais controle financeiro.

Evite comprar por impulso

Já teve a sensação de que algo que você quis muito comprar acabou não tendo tanta utilidade depois? Isso é muito comum quando essa compra é feita por impulso. E o pior é que esse tipo de gasto atrapalha muito no controle financeiro.

Por isso, é fundamental pensar muito bem e analisar se uma compra é realmente necessária antes de fazê-la.

Diminua os pequenos gastos do dia a dia

Se você parar para analisar, provavelmente encontrará vários gastos do seu dia a dia que podem ser diminuídos. A alimentação fora de casa, por exemplo, mesmo que em pequenos valores, costuma comprometer bastante o orçamento.

Os gastos com transporte também costumam ser altos. Assim, adotar algumas medidas como combinar caronas ou utilizar uma bicicleta pode ajudar a reduzir estes custos.

Até mesmo no supermercado é possível buscar maneiras de deixar a conta mais barata. Muitas vezes, as grandes marcas cobram mais caro por seus produtos mesmo que a diferença de qualidade para os concorrentes nem seja tão grande. Por isso, optar por produtos mais em conta pode te ajudar na redução de gastos. É claro que você também deve estar atento para comprar apenas o que for necessário.

Pronto! Seguindo essas dicas simples, você conseguirá reduzir os gastos do seu dia a dia e desenvolver um bom controle financeiro — principalmente definindo suas prioridades corretamente. Ficou com alguma dúvida? Conta pra gente nos comentários.

Share on Facebook160Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn30
Você deve gostar também
O que mudou com a saída do Reino Unido da União Europeia?
Saiba o que fazer com o dinheiro das contas inativas do FGTS
Os 5 setores mais promissores para o segundo semestre de 2017

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web

%d blogueiros gostam disto: