IGPs: Entenda o que são índices gerais de preço | Blog ATIVA IGPs: Entenda o que são índices gerais de preço | Blog ATIVA
Educação Financeira

IGPs: entenda o que são índices gerais de preço

Certamente, você já assistiu reportagens jornalísticas e reparou em cláusulas contratuais de diversos segmentos a utilização de uma sigla. Os Índices Gerais de Preços, comumente chamados de IGPs, são índices gerados pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e utilizados, predominantemente, para reajustes de preços e obrigações contratuais.

Mas, você sabe o que exatamente querem dizer e o que estes índices calculam? Se não, confira abaixo o que são esses índices e como funcionam os cálculos deles.

O que são os IGPs?

O Índice Geral de Preços (IGP) é o fator matemático utilizado para o registro da inflação ao considerar preços desde as matérias-primas agrícolas e insumos industriais até a variação de preços de bens e serviços digitais. A sua apresentação se dá em três formas:

  • IGP-DI: Índice Geral de Preços Disponibilidade Interna, calcula a variação de preços que influenciam diretamente as atividades econômicas realizadas internamente no país e considera o período do dia 21 do mês anterior ao dia vinte do mês em referência;

  • IGP-M: Índice Geral de Preços do Mercado, assim como o IGP-DI, mede a variação de preços, mas considera o período entre o dia 1º e 30 do mês em referência;

  • IGP-10: Índice Geral de Preços 10 é utilizado para estudos econômicos e outras atividades correlatas por não ser válido como índice mensal, uma vez que mede a variação de preços entre os dias 11 de um mês e o dia 10 do mês subsequente.

O que estes índices consideram?

Os cálculos dos IGPs são obtidos por meio da média de três outros índices: o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA); o Índice de Preços ao Consumidor (IPC); e o Índice Nacional de Custos da Construção (INCC).

IPA

O Índice de Preços por Atacado, que passou a ser chamado de Índice de Preços ao Produtor Amplo a partir de 2010, tem peso de 60% no cálculo do IGP-DI. Ele registra variações de preços de produtos agropecuários e industriais nas transações interempresariais. Também é apresentado de três formas (IPA-DI, IPA-M e IPA-10), variando apenas o período de coleta dos dados.

IPC

O Índice de Preços ao Consumidor faz a medição da alteração de preços de bens e serviços presentes nas despesas habituais das famílias, que envolvem: alimentação, habitação, vestuário, saúde e cuidados pessoais, educação, leitura e recreação, transportes, despesas diversas e comunicação. Essa pesquisa é realizada diariamente nas principais capitais do país: Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

INCC

O Índice Nacional de Custos da Construção calcula a evolução dos custos de construções por meio dos preços praticados em materiais, equipamentos, serviços e mão de obra. Ele funciona como um termômetro do nível da atividade econômica do país e também é apresentado em três versões, como o IPA.

Como os IGPs são calculados?

A diferença entre os IGPs é apenas o período de contabilização dos dados. Enquanto o IGP-DI contabiliza os dados do dia 1º até o último dia do mês vigente (30 ou 31), o IGP-M contabiliza os dados do dia 21 do mês anterior até o dia 20 do mês ao qual o índice se refere. Por exemplo, o IGP-DI do mês de dezembro considera dados do dia 1/12 até o dia 31/12. Já o IGP-M do mesmo mês considera dados do dia 21/11 até o dia 20/12.

No caso do IGP-10, os dados são considerados a partir do dia 11 do mês anterior até o dia 10 do mês ao qual o índice se refere. Ou seja, o IGP-10 do mês de dezembro considera dados do dia 11/11 até o dia 10/12.

No que eles influenciam a nossa vida?

Como dissemos no início deste post, por meio destes índices é possível acompanhar a evolução dos níveis de preços do país. Além disso, os IGPs são referências que os mercados utilizam para ajustar os preços de seus produtos e serviços.

Você sabia o significado destas siglas ou já havia reparado em alguma delas no seu dia a dia? Use os comentários e conte pra gente!

Share on Facebook123Share on Google+1Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn10

ASSINE A NOSSA NEWSLETTER!

Gostou do conteúdo? Assine a nossa news receba no seu e-mail e-books, palestras, dicas e artigos ;)

Você se inscreveu com sucesso! Cheque seu e-mail :D

ATIVA Investimentos
A ATIVA Investimentos é uma corretora com mais de 30 anos no mercado financeiro que sempre souber ver além oferecendo as melhores opções de investimentos para os seus clientes. Nossos Produtos: Renda Fixa, Fundos de Investimentos premiados, Tesouro Direto, Previdência Privada, Seguro de Vida resgatável, Câmbio de moedas, Ações e entre outros.
Você deve gostar também
Saiba mais sobre o que são dividendos — e como viver deles
Wealth Management: como está a gestão da sua riqueza?
Entenda o que são os dividendos

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web

ASSINE E RECEBA DICAS SOBRE RENDA FIXA E OUTROS INVESTIMENTOS

ASSINE E RECEBA DICAS SOBRE RENDA FIXA E OUTROS INVESTIMENTOS

Procurando dicas e materiais sobre Renda Fixa? Assine a nossa newsletter e receba tudo no seu e-mail. 

Recebemos a sua assinatura!