Invalidez parcial e total: entenda quais são as diferenças - Blog da ATIVA Invalidez parcial e total: entenda quais são as diferenças - Blog da ATIVA
Educação Financeira

Invalidez parcial e total: entenda quais são as diferenças

Segundo dados da Organização Internacional do Trabalho, o Brasil é o quarto país que mais registra acidentes de trabalho no mundo, com uma média de 700 mil casos anuais, atrás apenas da China, da Índia e da Indonésia. O trabalhador conta com mecanismos para se assegurar em casos de acidentes no ambiente de trabalho, ou até mesmo fora dele, com seguros de vida e seguros privados, por exemplo.

Entretanto, nem sempre todos os critérios da apólice em situações empresariais (documento gerado pela seguradora com as condições, as coberturas do seguro e período do contrato, bem como o prêmio para cada caso) são claros ou explicados para o segurado.

Os casos de invalidez são variados: podem ser parcial ou total, existem diversas causas possíveis, classificações e prêmios. É importante ficar atento às condições estabelecidas pela seguradora para ter seus direitos preservados em qualquer eventualidade e conseguir as condições adequadas para trabalhar e viver.

Quer saber mais sobre Invalidez parcial e total? Continue a leitura desse artigo!

O que é invalidez?

Os acidentes de trabalho são eventos que acontecem no ambiente de trabalho, ou fora dele, em que o trabalhador está exercendo alguma atividade para a empresa contratante, provocando qualquer tipo de dano — como lesões, problemas funcionais e até morte — ao empregado.

Invalidez é uma condição em que o trabalhador é incapaz de realizar os exercícios de forma plena, devido a alguma situação que prejudica a realização de atividades remuneradas ou de funções, com prejuízo de sua independência funcional. Podem ser problemas físicos ou mentais.

Nesse contexto, é possível classificar a cobertura por invalidez de três jeitos: por doença, senilidade e acidente pessoal. Os acidentes pessoais abrangem acontecimentos súbitos, externos, involuntários e violentos, acarretando lesões corporais ou até morte. Nesses casos, a invalidez pode ser permanente total ou parcial, dependendo da extensão do dano.

Quais são as diferenças entre invalidez parcial e total?

Os casos de invalidez parcial são aqueles em que o acidentado perde ou tem a capacidade de realizar algumas de suas atribuições reduzida, mas nem todas são comprometidas. O indivíduo se recupera do ferimento ou do traumatismo, no entanto, tem sequelas não mais tratáveis.

Os exemplos mais comuns são membros ou órgãos debilitados. Como perda de visão de um dos olhos, surdez total e incurável de um ou dois ouvidos, fraturas não consolidadas em algum membro inferior e imobilidade do segmento cervical da coluna vertebral. Mas os critérios variam de acordo com a seguradora e o plano, já que nem todas cobrem os mesmos eventos. Além disso, o prêmio também varia.

A invalidez total abrange casos em que o segurado se torna incapaz de desempenhar qualquer tipo de atividade trabalhista. Assim, os casos são mais severos e as consequências impedem diretamente a independência do trabalhador. Elas, geralmente, levam à aposentadoria por invalidez, que deve ser requerida no INSS e o trabalhador deve passar por uma série de avaliações para comprovar a condição.

Alguns exemplos de invalidez total são: perda da visão dos dois olhos, perda total do uso das mãos ou dos pés, alienação mental incurável, perda total do uso de membros inferiores e superiores.

É fundamental que as empresas garantam as melhores condições de trabalho para os contratados, além de garantir que, em caso de eventualidades, tudo seja feito conforme as leis e as regras.

O segurado, por sua vez, deve ficar bem atento às definições e às condições presentes nos contratos de seguro e, também, certificar que está seguindo as normas de uso e recomendações de segurança.

E aí? Ficou mais claro para você quais são as diferenças entre invalidez parcial e total? Tem alguma dúvida sobre os seguros nesses casos? Conta pra gente nos comentários.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0

ASSINE A NOSSA NEWSLETTER!

Gostou do conteúdo? Assine a nossa news receba no seu e-mail e-books, palestras, dicas e artigos ;)

Você se inscreveu com sucesso! Cheque seu e-mail :D

ATIVA Investimentos
A ATIVA Investimentos é uma corretora com mais de 30 anos no mercado financeiro que sempre souber ver além oferecendo as melhores opções de investimentos para os seus clientes. Nossos Produtos: Renda Fixa, Fundos de Investimentos premiados, Tesouro Direto, Previdência Privada, Seguro de Vida resgatável, Câmbio de moedas, Ações e entre outros.
Você deve gostar também
Saiba como conquistar a independência financeira — e viva de renda!
O que mudou com a saída do Reino Unido da União Europeia?
Entenda o que é a CPMF e como ela afeta sua vida

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web

ASSINE E RECEBA DICAS SOBRE RENDA FIXA E OUTROS INVESTIMENTOS

ASSINE E RECEBA DICAS SOBRE RENDA FIXA E OUTROS INVESTIMENTOS

Procurando dicas e materiais sobre Renda Fixa? Assine a nossa newsletter e receba tudo no seu e-mail. 

Recebemos a sua assinatura!