Operações a termo: Entenda como elas funcionam | Blog ATIVA Operações a termo: Entenda como elas funcionam | Blog ATIVA
Investimentos

Operações a termo: entenda como elas funcionam

Quem investe, muito provavelmente, já está familiarizado com as diversas modalidades de aplicação existentes no mercado. Dentro das alternativas de derivativos, uma das mais conhecidas é a chamada contrato a termo. Esse mercado está relacionado com o futuro e trabalha como um tipo de financiamento para a compra de ativos.

As operações a termo funcionam de maneira a firmar um acordo de compra ou venda de um ativo, com pagamento a ser realizado em uma data futura. O valor do ativo, o prazo de pagamento e a taxa de juros são decididos no momento do acordo entre as partes negociantes.

Para entender melhor como essa operação funciona, continue acompanhando o guia básico que preparamos!

Como as operações a termo funcionam?

Como explicado, as operações a termo operam de maneira a determinar uma compra ou venda com pagamentos que serão feitos no futuro, determinando o preço, a data de pagamento e a taxa para assegurar tal operação. 

Imagine a seguinte situação: você quer investir em ações, mas não tem o montante necessário no momento. Portanto, faz um acordo com o vendedor estabelecendo que pagará esse valor no futuro, tornando-se dono das ações imediatamente. O que remunera essa transação para o vendedor é que você vai pagar, além do preço das ações, uma taxa em relação à cotação atual do ativo — que geralmente fica próxima ao valor da taxa Selic.

Você também faz um depósito de uma margem de garantia — que podem ser ações, dinheiro ou outros títulos — ao vendedor. No dia de encerramento da operação, a garantia é devolvida.

Você, como comprador, garante uma oportunidade de negócio antes mesmo de ter dinheiro disponível para a compra. O vendedor, por outro lado, mesmo que tenha de esperar mais para ser remunerado pelas ações, receberá um montante maior do que se vendesse à vista.

Quais são as vantagens dessa prática? 

As operações a termo são vantajosas para aqueles que acreditam que a valorização do ativo será maior do que o valor acordado no fechamento do contrato. São três as principais vantagens de investir nos contratos a termo:

1. Alavancagem

O mercado de operações a termo permite que o investidor controle um valor muito maior do que suas disponibilidades financeiras. Isso acontece porque é exigida do comprador somente a margem de garantia para que ele efetue a compra de ativos. Caso o preço dos ativos suba, a alavancagem proporciona grandes retornos ao investidor.

2. Financiamento

Essa estratégia consiste em comprar ativos à vista e, imediatamente, fazer um contrato a termo. Ao fazer isso, o investidor ganhará na diferença entre o preço que pagou e o valor dos juros obtidos na operação. Essa é considerada uma tática de baixo risco, uma vez que o vendedor sempre receberá o preço acordado no contrato. 

3. Investimento sem ter dinheiro no curto prazo

Um investidor pode comprar novos papéis de ações sem vender os que já possui (caso possua), mesmo que não tenha dinheiro disponível para tal no momento. Neste caso, é possível usar essas mesmas ações como forma de garantia de pagamento da operação a termo.

Quais são as melhores estratégias?

Qualquer ação pode ser comprada a termo, dependendo apenas do acordo feito entre as partes. Ou seja, não há a necessidade da intermediação da Bolsa para a realização da transação. O negócio é feito pela própria Mesa de Operações, que vai buscar as melhores taxas de acordo com a estratégia do investidor. 

Portanto, é indicado que o comprador invista em ativos que imagina que se valorizarão após a data de abertura da operação a termo. Dessa forma, o custo do financiamento é superado e o comprador opera em lucro, uma vez que o pagamento do ativo é feito com base do dia de abertura e não no dia do encerramento da operação. 

As operações a termo são ótimas alternativas para investidores com os mais diferentes objetivos, servindo tanto para a alavancagem de ganhos como para a diversificação de riscos da carteira. Por lidar com previsões, esse é um tipo de aplicação indicado a investidores com um perfil mais agressivo.

Gostou desse conteúdo e deseja ficar ainda mais informado sobre o mundo financeiro? Assine nossa newsletter e seja o primeiro a receber atualizações.

Share on Facebook124Share on Google+1Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn11

ASSINE A NOSSA NEWSLETTER!

Gostou do conteúdo? Assine a nossa news receba no seu e-mail e-books, palestras, dicas e artigos ;)

Você se inscreveu com sucesso! Cheque seu e-mail :D

ATIVA Investimentos
A ATIVA Investimentos é uma corretora com mais de 30 anos no mercado financeiro que sempre souber ver além oferecendo as melhores opções de investimentos para os seus clientes. Nossos Produtos: Renda Fixa, Fundos de Investimentos premiados, Tesouro Direto, Previdência Privada, Seguro de Vida resgatável, Câmbio de moedas, Ações e entre outros.
Você deve gostar também
COE: entenda o que é e como investir
O que são títulos públicos?
Envio de remessa de dinheiro para o exterior: saiba como funciona

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web

ASSINE E RECEBA DICAS SOBRE RENDA FIXA E OUTROS INVESTIMENTOS

ASSINE E RECEBA DICAS SOBRE RENDA FIXA E OUTROS INVESTIMENTOS

Procurando dicas e materiais sobre Renda Fixa? Assine a nossa newsletter e receba tudo no seu e-mail. 

Recebemos a sua assinatura!