Por que investir em Fundos Multimercados? - ATIVA Investimentos - Blog
Investimentos

Por que investir em Fundos Multimercados?

Os fundos de investimentos são aplicações bastante comuns no Brasil, que atraem cada vez mais interessados por permitirem que o investidor compre cotas e pague taxas de administração geralmente mais baixas que os valores pagos a outros tipos de investimento. Entre os diversos tipos de fundos, os multimercados se destacam por autorizar investimentos tanto em ativos de renda fixa quanto de renda variável, proporcionando ao gestor uma maior liberdade de escolha. Quer saber mais vantagens do multimercado? Estão todos aqui no nosso blog.

 

Diversificação

A ideia do fundo multimercado é diversificar a carteira de investimentos, escolhendo diversas aplicações diferentes, como renda fixa, ações, câmbio, dentre outras. Desse modo, o investidor corre menos risco e pode ter uma boa rentabilidade, equilibrando investimentos mais e menos agressivos (como ações e renda fixa, por exemplo).

 

Tipos de estratégias

Dentro do “universo” dos fundos de investimentos multimercados (FIMs), existem estratégias diferentes classificadas como Macro, Trading, Juros e Moedas, Multiestratégia, etc. Algumas com menor grau de risco e outras com maior grau de risco. É importante entender que tipo de estratégia um fundo multimercado utiliza. Vamos dar uma rápida passada por alguns:

– Macro: são estratégias focadas em investimentos de médio e longo prazo. Produtos como câmbio, renda fixa e variável. O fundo analisa cenários macroeconômicos e determina os preços dos investimentos disponíveis na prateleira;

– Trading: diferente do tipo macro, esses fundos buscam aproveitar oportunidades de ganhos a partir de movimentos do preço dos ativos no curto prazo;

– Juros e Moedas: essa estratégia procura obter retorno no longo prazo por meio de aplicações em ativos de renda fixa, permitindo operar moeda estrangeira – como dólar –, juros, assim como índices de preços. Nesse tipo de fundo, o gestor não pode fazer alocação em renda variável;

– Multiestratégia: Neste produto, o investidor pode adotar inúmeras estratégias, mas é preciso ter em mente que este fundo possui alto grau de risco.

 

Gestão profissional

Além da diversificação e estratégias específicas, outra vantagem dos fundos multimercados é que a gestão dos recursos é feita por um profissional. Esse especialista terá muito mais agilidade e eficiência ao tomar decisões de rebalanceamento da carteira e análise do mercado.

 

Investimento e liquidez

A maioria dos FIMs exige um investimento inicial a partir de R$ 10 mil. Apesar deste valor ser relativamente baixo, é preciso ter cautela para não perder dinheiro, especialmente se o recurso ficar aplicado por pouco tempo. A recomendação é que a aplicação não seja alterada por, no mínimo, dois anos. O FIM é um investimento que mostra rentabilidade a longo prazo.

Na ATIVA, você encontra fundos que diversificam ainda mais a sua carteira. Abaixo, selecionamos os melhores fundos de diversas categorias de acordo com o seu perfil de investimentos.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0
Você deve gostar também
Aprenda como investir na bolsa
Títulos públicos e privados: você sabe qual a diferença entre eles?
Tendências do mercado financeiro: onde investir em 2017?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web