Saiba quais cuidados se deve ter para usar bem o cartão de crédito
Educação Financeira

Saiba quais cuidados se deve ter para usar bem o cartão de crédito

Comodidade, agilidade e concentração de gastos num só local são algumas das razões que muitas pessoas levam em consideração ao optar pelo uso do cartão de crédito. No entanto, é preciso ter cautela.

Apesar da comodidade para emergência, o cartão de crédito também pode ser um grande vilão. É necessário cuidado nos gastos, na data de vencimento, saber o melhor período de compras, entre outros detalhes. São planejamentos básicos que você deve tomar para um bom uso e menos dor de cabeça no futuro.

Saiba mais na ATIVA como não cair nas armadilhas dos juros cobrados no cartão de crédito.

 

Doce ilusão

O cartão de crédito passa uma ilusão de que você vai comprar e conseguirá pagar as pequenas parcelas com a maior segurança, não é verdade? Pois é, aí que mora o perigo. Algumas pessoas se perdem em meio a tantas compras e o salário acaba escoando só para pagar as dívidas do cartão. Pior ainda quando só pagam o valor mínimo da fatura, e com juros sobre juros, a dívida vai virando uma bola de neve.

Considere o cartão de crédito como uma de suas despesas fixas. Por isso, quanto mais você utilizá-lo, mais comprometerá sua renda no mês seguinte. Além disso, os juros para quem atrasa o pagamento das faturas são altíssimos, dificultando ainda mais o controle financeiro.

 

Planeje-se!

Programe-se para saber quanto pode gastar no cartão de forma a ter dinheiro para pagar a fatura cheia na data do vencimento.

 

Anote as despesas

Anote todas as despesas realizadas com o cartão de crédito para que saiba onde e com que mais gastou.

 

Não tenha limite acima do que você precisa

Tenha um limite inferior a 50% da sua receita líquida para não gastar mais do que pode pagar.

 

Negocie a anuidade

Faça pesquisas sobre a anuidade antes de contratar com o cartão de crédito. Verifique se é possível eliminar este pagamento.

 

Não abuse do cartão de crédito

Parece redundante abordarmos essa questão, mas não abuse do cartão de crédito com parcelas acima de 6x. Priorize o pagamento à vista ou no débito. No caso de uma compra grande que você precise parcelar, escolha um estabelecimento que não incida os juros nas parcelas. Vale lembrar que, atualmente, a maioria das lojas de eletrodomésticos, varejo e consumo não cobram juros. Outra opção é dar uma entrada e pagar o restante do valor parcelado. Você se livra de um bom tempo de parcelas, caso tenha uma economia.

 

Cuidado com as compras internacionais

Nas compras feitas em viagens ao exterior ou pela internet em sites estrangeiros, a taxa de conversão para reais será a vigente na data fixada em contrato, por isso fique atento. Além disso, há incidência de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

 

Conheça e respeite a data de vencimento

Procure defini-la de forma a garantir que haja dinheiro suficiente para o pagamento da fatura naquela data. Lembre-se também de dar atenção ao prazo de fechamento, período entre o fechamento da fatura e seu pagamento, quando as compras só aparecerão no extrato do mês seguinte.

O cartão de crédito não é um substituto ao dinheiro vivo. Procure pagar suas contas e usar cédulas no seu dia a dia, deixando o cartão de crédito apenas para parcelamentos maiores e compras cujo prazo até a próxima fatura seja vantajoso.

Ficou com alguma dúvida? Não esqueça de deixar o seu comentário!

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0
Você deve gostar também
Entenda o que é CDB e saiba como investir nele
Saiba onde investir para garantir o futuro de seus filhos
O que é a análise fundamentalista de ações?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web