As vantagens e desvantagens de comprar um imóvel usado | Blog ATIVA
Investimentos

As vantagens e desvantagens de comprar um imóvel usado

Depois de tanto sonhar com a casa nova, planejar e guardar dinheiro, é chegada a hora de selecionar o apartamento para a compra. A questão é saber o que vale mais a pena procurar: imóveis novos ou usados. A pergunta é bem comum e por isso queremos compartilhar, de maneira didática, as principais vantagens e desvantagens de cada tipo de negócio. Tendo em vista o esclarecimento de todas as questões que circundam a escolha ideal, vamos mostrar nesse artigo as principais vantagens e desvantagens em adquirir este tipo de imóvel.

Quer conhecê-las? Então, continue a leitura e descubra!

 

Preços menores

Os preços dos imóveis usados costumam ser menores do que os de imóveis novos do mesmo tamanho porque o comprador paga um valor mais alto pela “modernidade” do imóvel recém-lançado ou na planta. Um imóvel antigo que precisa de algumas melhorias, por exemplo, pode ser uma verdadeira barganha.

Além disso, como a compra do usado geralmente é realizada com pessoas físicas, não com construtoras, o comprador pode encontrar boas oportunidades, seja porque o vendedor é desinformado e colocou um preço abaixo do valor de mercado, ou porque ele tem uma dívida, ou vai se mudar do país e precisa vender o imóvel rapidamente.

Ao comprar um imóvel novo, geralmente se gasta cerca de 20% do valor do imóvel com itens que não são entregues pela construtora contratada. Já um imóvel usado costuma vir com todos os itens básicos e, se não for muito antigo, ou se estiver bem conservado, ainda pode vir com alguns bônus, como armários embutidos, espelhos, itens decorativos e cômodos reformados.

 

Condições do imóvel

Outro fator importante na hora da compra de um imóvel usado são as condições, pois pode precisar de uma troca de pisos ou uma pintura, mas ainda assim esses custos podem ser menores do que os gastos para equipar um imóvel novo que pode vir sem sistema de aquecimento, chuveiros, lustres, pisos, janelas e assentos das bacias sanitárias.

A localização também merece vir no topo da lista de vantagens dos imóveis mais velhos. Erguidos quando a cidade era menor e havia mais terrenos disponíveis, esses prédios geralmente ficam mais perto da região central do que os novos empreendimentos.

Fora isso, também é necessário verificar as condições do próprio imóvel. As janelas estão em bom estado? O chão tem peças soltas ou bolhas de ar? Portas e móveis de madeira estão rangendo ou com cupins?

O mais interessante é contratar os serviços de um profissional de sua confiança para que ele te ajude a descobrir quais os defeitos e, inclusive, o grau de seriedade deles, com valores gerais para efetuar os consertos.

Todos esses detalhes vão fazer parte da sua negociação e podem inclusive representar a diferença entre fechar negócio ou partir para outra.

O que achou do artigo? Continue acompanhando o nosso blog e deixe o seu comentário!

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0
Você deve gostar também
Economia do Brasil: qual é a previsão para o ano de 2017?
Saiba como aplicar no Tesouro Direto
As 4 principais dúvidas sobre Previdência Privada

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web

%d blogueiros gostam disto: