• Pesquisar

Tesouro Direto: veja como escolher o melhor título para investir

O Tesouro Direto é um investimento que rende mais do que a poupança, com mais segurança e permite você começar a investir a partir de R$ 30,00. Na hora da compra, você é apresentado a várias opções de títulos diferentes e surgem dúvidas sobre qual comprar.

Não podemos dizer que há um título melhor que o outro, mas que há opções diferentes. O que é indicado para um investidor não necessariamente é para outro.

Existem 5 tipos de títulos à venda e cada um deles se dividem em três grupos: prefixados, indexados pelo IPCA e pós-fixados. Conheça cada um deles a seguir:

Tesouro Prefixado

Neste tipo, a rentabilidade já é determinada no momento da compra. Ou seja, você sabe exatamente o que irá receber, se manter o título até o vencimento, não importando a taxa de juros.

O Tesouro prefixado traz segurança ao investidor. O risco é de perder para a inflação futura. É recomendado para quem tem objetivos a longo prazo e para quem não quer sofrer com oscilações do mercado.

Tesouro Prefixado com juros semestrais

Parecido com o tesouro prefixado, já é possível saber a rentabilidade quando se faz o investimento. A diferença é que, neste título, também se recebe juros a cada seis meses.

Também é indicado a quem precisa saber o valor que irá receber na hora do resgate, quando compra o título.

Assim como Tesouro Prefixado, o risco é de perder para a inflação futura. É recomendado para quem deseja complementar renda.

Tesouro Selic

A rentabilidade está atrelada à taxa Selic – taxa básica de juros. Portanto, a remuneração do investidor é variável, pois é definida no momento da compra do papel. Também não há risco de perder dinheiro com a volatilidade do mercado.

É recomendado para quem quer fazer uma reserva de emergência, já que você pode resgatar o dinheiro sem oscilação. E também, claro, para quem acredita que a taxa básica de juros irá subir.

Tesouro IPCA+

Se você optar por este tipo, você irá ganhar por uma taxa de juros prefixada – que é determinada na hora da compra do título – acrescida da variação da inflação. Ou seja, você já sabe qual será o retorno real do seu investimento.

Se vender o título antes do vencimento, o Tesouro Nacional irá te pagar de acordo com o valor de mercado. Então, você poderá ficar sujeito a maior ou menor rentabilidade.

O IPCA+ é recomendado para quem deseja ter um dinheiro guardado para longo prazo como, por exemplo, aposentadoria. Recomenda-se também para a manutenção de compra no futuro, já que você se protege da inflação.

Tesouro IPCA com juros semestrais

A rentabilidade deste tipo de título é igual ao Tesouro IPCA+, entretanto, o investidor receberá juros a cada seis meses.

É um título interessante para quem deseja utilizar o rendimento para complementar a renda. Também mantem seu poder de compra, já que te protege da inflação.

Gostou e quer investir? Primeiro, você precisa abrir uma conta em uma corretora de valores. Aqui na Ativa Investimentos oferecemos uma assessoria especializada para te ajudar.

Deixe seu comentário