• Pesquisar

Invista sem imposto de renda: vantagens dos fundos de debêntures incentivadas

Isentos de imposto de renda, os fundos de debêntures incentivadas têm se tornado cada vez mais populares e atraído mais investidores.

As debêntures são títulos de renda fixa emitidas por empresas para captar recursos para suas atividades. E as incentivadas foram criadas, em 2011, com o objetivo de fomentar o desenvolvimento em infraestrutura do País. Como financiam projetos, o Governo Federal isentou o imposto de renda de sua remuneração.

O blog conversou com o sócio-fundador e gestor da Devant Asset, Bruno Eiras, sobre fundo de debêntures incentivadas. Ele explicou sobre as vantagens de se investir em fundos desse tipo, comentou sobre o fundo Devant Debêntures e muito mais. Veja a seguir:

O que é um fundo de renda fixa de crédito privado?

É um fundo de investimento que aloca seus recursos em títulos de renda fixa, lembrando que a diferença de renda fixa para renda variável é que, na RF, você já tem uma rentabilidade predeterminada logo no início, diferente das ações, que não sabemos quanto vamos receber no futuro.

Esses títulos são, principalmente, emitidos por empresas privadas com o objetivo de captar recursos de investidores para financiar seus projetos e operações. Os principais títulos de crédito privado são: Debêntures, Letras financeiras, CDBs, Títulos Públicos e ativos crédito estruturado.

Que tipos de ativos são alocados no fundo Devant Debêntures Incentivadas?

A carteira do Fundo é composta basicamente por debêntures incentivadas e outros títulos de renda fixa e crédito privado, como exemplo, Letras Financeiras e ativos crédito estruturado.

Como vocês fazem a seleção desses ativos? Quais setores vocês mais focam?

Os ativos são selecionados a partir de análises criteriosas. Primeiramente, é realizada uma análise fundamentalista em que a situação econômico-financeira do emissor do título é avaliada. São analisadas as demonstrações financeiras, históricos, expectativas de geração de receita, indicadores financeiros, alavancagem da empresa e etc.

Após passar por essa fase, é feita uma análise qualitativa do emissor, ou seja, analisamos toda a governança da empresa e verificamos se a empresa e seus sócios estão envolvidos em algum escândalo, operações como lava-jato por exemplo, e somente se aprovado também nessa fase da análise é que incluímos determinado ativo na carteira dos Fundos. Atualmente, apostamos nos setores com maior previsibilidade de geração de receita, como exemplo, setor de energia, saneamento, telecomunicações e concessões rodoviárias.

 Quais as vantagens de se investir em um fundo de renda fixa?

A principal vantagem é que fundos de renda fixa tendem a ter uma volatilidade (oscilação) inferior aos demais tipos de fundos, ou seja, uma rentabilidade constante. Tendem a ter uma exposição mais conservadora a riscos também. É um produto que necessariamente deve compor a carteira de investimentos de qualquer perfil de investidor.

O fundo de debêntures incentivadas, por exemplo, tem como objetivo render mensalmente 110% do CDI que, somado a isenção do Imposto de Renda, torna o investimento muito rentável e com uma boa liquidez para resgate, em d+30 dias. Nesse momento não podemos mencionar os resultados obtidos, pois o fundo possui menos de 6 meses.

Para qual perfil de investidor o fundo Devant Debêntures Incentivadas é indicado?

Para todos os perfis. Desde o conservador até aqueles que são mais dispostos a tomar risco (agressivos), e com apenas R$ 100 é possível começar a investir.

 Vale mais a pena investir em um fundo de renda fixa e não em um produto de renda fixa, como LCI, LC ou CDB etc?

Por vários motivos, primeiramente, em um fundo ocorre a diversificação do tipo do ativo, características como retorno e prazo serão variadas. Isso significa que o risco estará mais diluído, além de que há uma gestão profissional que selecionará os melhores ativos para compor a carteira do Fundo.

Em segundo lugar, está a liquidez, ou seja, em determinados títulos é preciso aguardar muito tempo para resgatar (vencimento do título por exemplo), em um fundo como o Devant Debêntures Incentivadas, apenas 30 dias.

Depois, ao investir diretamente em um ativo de renda fixa, o investidor pode estar exposto a alguns fatores inerentes ao título que nem sempre vão favorecê-lo, como redução/aumento da taxa de juros e por último, alguns ativos de renda fixa interessantes possuem um ticket mínimo alto, e nem todos os investidores conseguem acessar.

A rentabilidade desses fundos de renda fixa, normalmente, são superiores ao tesouro direto, pois os ativos alocados possuem um prêmio de crédito acima dos títulos públicos.

Como funciona a tributação num fundo de crédito privado de debêntures incentivadas?

A tributação é a característica mais atrativa para esse tipo de produto, os rendimentos obtidos são isentos de imposto de renda para pessoas físicas.

Fundo renda fixa crédito privado tem FGC?

Não possui, fundos de investimentos não possuem garantia do FGC. Porém, contam com uma grande diversificação de ativos alocados, diluindo o risco e conta com uma gestão profissional.

Fundo Devant Debêntures Incentivadas de baixa volatilidade serve para montar reserva de emergência?

Geralmente, reservas de emergências são alocadas em produtos de liquidez imediata, como o Devant Solidus Cash FIRF CP, pois trata-se de um recurso que, se necessário, estará disponível imediatamente. Porém, visto que o prazo de liquidez do fundo de Debêntures Incentivadas não é longo, ocorre em 30 dias, é adequado para alocar parte da reserva de emergência.

Qual o diferencial do fundo comparado a outros da mesma categoria?

O diferencial do Fundo Devant Debêntures Incentivadas FIRF CP vem principalmente da expertise de sua gestão. A Devant Asset é especializada em produtos de renda fixa e crédito, possui todo o conhecimento necessário sobre crédito estruturado. Os ativos que compõem a carteira do Fundo são criteriosamente selecionados, conforme já exposto acima.

Além disso, o fundo conta com mecanismos conhecidos como hedge. Esses mecanismos protegem ofFundo das oscilações em alguns títulos que são indexados à inflação, por exemplo, como consequência a volatilidade tende a ser muito baixa, proporcionando uma excelente relação risco x retorno.

Deixe seu comentário