• Pesquisar

Glossário financeiro: Letra C

O mercado financeiro está cheio de termos e conceitos que, muitas vezes, geram dúvidas até mesmo entre os investidores mais experientes. Além disso, as muitas nomenclaturas e palavras em inglês presentes no dia a dia do mercado também podem dificultar o real entendimento sobre os diferentes processos.

Por isso, temos detalhado vários termos e conceitos do dicionário financeiro aqui no Blog da Ativa Investimentos.

Continue acompanhando este artigo para conhecer nosso glossário do investidor com os termos mais usados no mercado. Não se preocupe: se restar alguma dúvida, ou quiser saber mais detalhes sobre qualquer um dos termos listados, sempre tem um especialista da nossa equipe de atendimento pronto para ajudar você! Vamos lá?

Capital Protegido

O capital protegido ocorre quando não há risco de perder dinheiro em um investimento. Esse é um termo muito utilizado na emissão de Certificados de Operações Estruturadas (COE), que pode ter capital protegido, ou seja, o investidor não terá prejuízo caso a operação não dê certo.

Carência

É o período em que o dinheiro investido ficará retido, sem que haja possibilidade de resgate.

Carteira

Uma carteira é, basicamente, um conjunto de ativos que compõem alguma estrutura financeira. Aqui na Ativa, mensalmente divulgamos quatro carteiras: Valor, Strategy, Dividendos e a Carteira Verde. Cada uma tem um objetivo e é focada em diferentes perfis de investimento.

Carteira Recomendada

Uma carteira recomendada tem, geralmente, a assinatura de um especialista em investimentos que recomenda ativos. Ele analisa boas oportunidades de valorização. Pode ser uma carteira recomendada específica para um segmento, como o de ações, ou destinada a um perfil de investimento.

CDB

O Certificado de Depósito Bancário (CDB) é um título emitido por instituições financeiras, como os bancos. Elas tomam o dinheiro como se fosse um “empréstimo” dos investidores para financiar as atividades bancárias. Em troca, os investidores recebem os juros sobre o valor investido em uma data previamente estabelecida.

CDI

O Certificado de Depósito Interbancário é um título emitido para o empréstimo entre os bancos, que precisam compensar seus saldos negativos diariamente com esses empréstimos.

Para os investidores, ele serve como referência de rentabilidade por resultar na chamada Taxa CDI (ou Taxa DI), que acompanha muito de perto a Selic, a taxa básica de juros da economia brasileira.

Classe do Fundo

Um fundo de investimento pode ser categorizado em classes que determinam suas regras, estratégias e políticas de investimento.

Corretora de Valores

Instituição do sistema financeiro que intermedia a compra e venda de títulos financeiros de seus clientes. A Ativa Investimentos, por exemplo, é uma corretora de investimentos que oferece um vasto portfólio de produtos financeiros buscando atender os diferentes perfis dos investidores brasileiros (dos mais conservadores aos agressivos).

Commodities

Commodity vem do inglês e originalmente tem significado de mercadoria.

Assim, commodities são matérias-primas essenciais para a economia de um país que podem ser estocadas sem perda de qualidade, como ouro, café, trigo, soja, milho e petróleo.

Seu preço é determinado pelo mercado mundial como uma consequência da oferta e demanda, e não pela empresa que a produz.

Além da negociação de commodities ser importante para movimentar a economia de muitos países, a compra e venda desses ativos é uma alternativa de investimento para qualquer pessoa.

Cota

Divisão do patrimônio líquido de um fundo de investimento em partes distribuídas de acordo com o valor investido. Quanto mais cotas um investidor tem de um fundo, mais alto será o valor desembolsado. Por outro lado, quanto mais cotas ele tem, maior será a rentabilidade no processo de divisão.

Companhia Aberta

Empresas abertas são aquelas que possuem ações e valores mobiliários negociados na Bolsa de Valores.

Companhia Securitizadora

Empresas responsáveis por transformar dívidas de outras empresas em títulos de crédito. No mercado de Renda Fixa, são autorizadas a emitir títulos como Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI), Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) e debêntures para captação de recursos.

CRA

O Certificado de Recebíveis do Agronegócio (CRA) é um título de Renda Fixa emitido por empresas securitizadoras (como explicamos acima).

Como vantagem, o CRA é isento de Imposto de Renda (IR) para pessoa física.

CRI

Assim como o CRA, o Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI) também é um título de Renda Fixa emitido por empresas securitizadoras. Além disso, também é isento de IR para pessoa física.

CVM

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) é uma entidade do sistema financeiro responsável por regular e fiscalizar o mercado de valores mobiliários.

E aí, tem alguma sugestão de algum termo do mercado financeiro que gostaria de ver por aqui? Utilize o campo de comentários e contribua para que possamos melhorar ainda mais os nossos conteúdos! Até a próxima!

Deixe seu comentário