• Pesquisar
Shocked young woman looking at laptop screen. Frightened businesswoman receiving bad news, deal broke down, notification, bankruptcy, troubled with financial problems or debt.

Como reconhecer golpes financeiros e investir com segurança? Entenda sobre o assunto!

Muitas vezes, os golpes financeiros são responsáveis por levar muitas pessoas a desistirem de aplicar o próprio dinheiro. Mas você não precisa deixar o capital sem rendimento para ter as economias seguras. Para investir com segurança, basta ter atenção a alguns detalhes.

Neste post, vamos te ajudar a reconhecer quando está diante de um possível golpe, para que se sinta mais seguro na hora de fazer as aplicações.

Confira a partir de agora por que ter essa consciência é importante. Veja também as fraudes mais praticadas no Brasil e como se proteger por meio da educação financeira! Boa leitura!

Por que é importante saber reconhecer os golpes financeiros?

Hoje em dia, muitas vezes por falta de conhecimento ou por inexperiência, algumas pessoas se tornam vítimas dos mais variados tipos de golpes financeiros. E, ao passar por tal situação traumática, é comum que o investidor fique inseguro para realizar qualquer outro tipo de aplicação.

Por esse motivo, para não deixar o dinheiro parado, sem rendimentos, é fundamental se informar sobre os golpes mais praticados. Assim, você consegue evitá-los e pode deixar o dinheiro rendendo a partir dos juros simples e compostos.

Quais são os golpes financeiros mais comuns?

Se você pensa que os golpes financeiros fazem vítimas apenas no Brasil está enganado. A seguir, apresentamos alguns dos maiores golpes financeiros aplicados em diferentes partes do mundo.

Acompanhe para não se deixar levar pelas falsas promessas de altos ganhos.

Esquemas de pirâmide financeira

Esquemas de pirâmide financeira — também conhecidos como Esquema Ponzi — são um tipo de corrente em cada integrante deve convencer uma ou mais pessoas a participarem do negócio. Dessa forma, quanto mais pessoas entram, mais dinheiro é gerado para quem está nos degraus acima.

Apesar desse modelo de negócios ter um grande apelo publicitário, inclusive com depoimentos de sucesso de participantes reais, ele não é sustentável em médio e longo prazo. Afinal, é necessário um número cada vez maior de integrantes para que o esquema seja lucrativo.

Geralmente, as empresas que praticam pirâmide não comercializam um produto ou serviço específico. Por isso, considera-se que elas não exercem uma atividade produtiva determinada, mantendo apenas um negócio de fachada para agregar credibilidade à fraude.

No Brasil, a prática de pirâmide financeira é proibida por meio da Lei 1.521/51 (Lei de crimes contra a Economia Popular).

Operações Forex

O Forex (foreign exchange ou “mercado de câmbio”, em português) é uma operação que envolve apostas na valorização ou desvalorização de moedas estrangeiras, como Dólar e Euro. Essa é uma aplicação de alta volatilidade, por isso, o risco de investimento em cada operação é bem alto.

Outro problema do Forex é que ele não tem regulamentação no mercado financeiro brasileiro. Logo, as operações não são fiscalizadas pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e pelo Banco Central, deixando o investidor sem qualquer garantia de segurança.

Nesse contexto, muitas empresas falsas estão sendo abertas para oferecer os serviços de Forex. Elas têm o único objetivo de captar recursos das vítimas e encerrar as atividades.

Falsos profissionais

Aproveitando da boa fé dos investidores iniciantes, algumas pessoas se passam por consultores e prometem retornos acima da média do mercado. Geralmente, as ofertas são tão tentadoras que, para não cair no golpe, é necessário fazer um esforço e colocar a razão acima da emoção.

A boa notícia é que o mercado financeiro nacional é bem regulado. Para atuar como consultor de investimentos especialista, o indivíduo precisa ser aprovado em testes e ter um registro na CVM. Isso ajuda a descobrir farsantes logo no primeiro contato.

Como se proteger e não perder dinheiro?

Agora que você já sabe quais são os golpes financeiros mais comuns, confira algumas dicas para reconhecê-los e não colocar suas economias em risco.

Busque informações sobre a empresa

Para ter certeza de que o seu dinheiro será investido de forma segura, pesquise o profissional ou a empresa que está oferecendo os serviços.

Você pode começar verificando o que os consumidores falam sobre o negócio nas redes sociais e o tempo de atuação da empresa no mercado. Com algumas poucas buscas, já é possível identificar o risco de farsa.

Caso ainda restem dúvidas, é possível entrar em contato com a CVM. Assim, é possível descobrir se o profissional ou empresa em questão têm registros e autorizações para prestar os serviços oferecidos.

Desconfie de promessas incomuns

A maioria dos golpes financeiros aplicados pela internet são baseados em uma publicidade forte sobre as possibilidades de ganho em curto prazo.

Geralmente, essas empresas procuram mostrar que é possível ganhar muito dinheiro de forma fácil e rápida. Além disso, criam a sensação de que todo mundo está aproveitando a “oportunidade”, e só você está de fora.

Nesses casos, você deve usar a razão e verificar se tais promessas condizem com o que é praticado no mercado. Se o retorno prometido for muito superior e em um tempo muito menor, há o risco de se tratar de um golpe.

Questione as garantias

Alguns títulos de Renda Fixa, como CDBs e LCs, contam com garantias oferecidas pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito). Nesses casos, até R$ 250 mil ficam assegurados, caso a instituição detentora dos títulos decrete falência.

Com base nisso, antes de entrar em qualquer aplicação, pesquise os riscos atrelados a ela, bem como as garantias oferecidas. Esse conhecimento não só ajudará você a se resguardar contra golpes, como servirá de base para montar uma carteira equilibrada entre riscos e oportunidades.

Agora que você já conhece os principais golpes financeiros no Brasil, lembre-se de que investir por corretora é mais seguro. Então, use as nossas dicas para se proteger e começar a obter rentabilidade de forma tranquila.

Gostou das informações? Compartilhe este post com os seus amigos nas redes sociais e ajude mais pessoas a se protegerem dos golpes financeiros!

Deixe seu comentário

2 comentários