• Pesquisar

Alavancagem no day trade: quando vale a pena?

Operar Day Trade na Bolsa de Valores é muito simples e pode ser feito por qualquer pessoa. Entretanto, nem todos conseguem resultados efetivos. Os que colhem bons frutos dessa prática sabem utilizar alavancagem no Day Trade.

Antes de solicitar esse “empréstimo” na sua corretora, é importante entender alguns conceitos. Afinal, essa é uma estratégia poderosíssima, mas também muito arriscada. Logo, você deve saber exatamente o que está fazendo.

Por isso, neste artigo, vamos mostrar os principais detalhes para operar alavancado no Day Trade. A seguir, confira como funciona essa estratégia, o que custa e quando vale a pena. Boa leitura!

Como funciona a alavancagem no Day Trade?

Alavancagem no Day Trade nada mais é que emprestar dinheiro para especular. O termo “alavancagem” se refere ao fato de que você opera seu capital como se fosse maior do que é. Ou seja, ele é alavancado pela sua corretora. Dessa forma, pode-se operar, por exemplo, R$ 100 como se fossem R$ 20 mil. Efetivamente, o que acontece é que a corretora empresta

É provável que algumas questões surjam em sua cabeça: “mas por que a corretora faria isso? E se eu perder tudo, como ela pode se proteger de um prejuízo tão grande?” O fato é que não é possível perder tudo, apenas o capital, isto é, os R$ 100,00. Para isso, as corretoras têm um mecanismo de proteção: a margem de garantia.

O que é garantia e quais produtos são aceitos?

Margem de garantia, ou “conta margem”, é o valor que determina o limite do seu prejuízo. Assim, seus lucros e perdas se referem ao capital alavancado, não sendo possível perder mais do que o valor de garantia.

Suponha que você esteja comprando R$ 20 mil em ativos com R$ 100 alavancados. Se o ativo em questão tiver uma alta de 0,5%, você ganha R$ 100 e dobra seu capital (20 mil x 0,5% = 100).

Da mesma maneira, no entanto, se o ativo tiver uma queda de 0,5%, você perde tudo e a corretora encerra automaticamente a operação. Além de dinheiro, é possível oferecer alguns ativos financeiros como forma de garantia, como:

Quando vale a pena?

Como você pôde perceber, alavancagem no Day Trade é uma faca de dois gumes. Você pode aumentar muito seu potencial de lucro, mas igualmente eleva os riscos da operação. Por isso, a alavancagem não é recomendada para iniciantes. Contudo, vale muito a pena quando:

  • há conhecimento sobre a estratégia;
  • existe técnica de operação;
  • seu índice de acertos é positivo;
  • boa gestão de risco.

Limite Ativa

Na Ativa Investimentos, a alavancagem é chamada de Limite Ativa. Com esse recurso, é possível usar seu patrimônio para operar um volume (até) 20 vezes maior, sem custos adicionais.

Trata-se de uma funcionalidade que ajuda o investidor a fazer operações com valores superiores ao que ele têm na conta. A ideia é maximizar a rentabilidade por meio de uma estratégia que considera o uso de um limite de crédito. Isso significa que o investidor pode movimentar a conta com um valor superior ao que ele possui de fato, oportunizando um ganho financeiro mais alto.

Vamos a outro exemplo prático. Suponha que com R$ 250,00 usando o Limite Ativa, um investidor pode comprar um lote padrão com 100 ações da Petrobras. Assim, às 10h20 ele compra um lote de PETR4 por R$ 24,00. Um pouco mais tarde, às 15h30, vende por R$ 25,50. Dessa maneira, ele encerra o dia com R$ 400, ou seja, R$ 150 a mais do que tinha de manhã, um crescimento de 60% do patrimônio.

Neste artigo, você teve a oportunidade de conhecer a alavancagem no Day Trade. Essa estratégia é muito interessante, mas depende de competência operacional. Logo, continue estudando para garantir os melhores resultados na Bolsa.

Quer aprender agora como operar Day Trade? Então, acesse nosso artigo e descubra como comprar e vender ações no mesmo dia!

Deixe seu comentário

Instagram has returned invalid data.