• Pesquisar
Mature man listening music in subway train. Male commuter is wearing earphones while holding mobile phone. He is wearing jacket while traveling.

Fundos de Crédito Privado: tire suas dúvidas sobre essa classe de Fundos de Investimento

Marina conseguiu poupar um bom dinheiro e deseja investi-lo. Ela já descobriu que deixar essa quantia parada na Caderneta de Poupança não é uma boa estratégia e, depois de algumas pesquisas, conheceu os Fundos de Crédito Privado.

Essa é uma história fictícia, mas bem que poderia ser um relato verdadeiro. Afinal, muitas pessoas estão buscando por Fundos de Investimento, mas estão preocupadas com o impacto da queda dos juros nas opções de Renda Fixa.

Diante do cenário, decidimos produzir um artigo que esclarece as principais dúvidas sobre essa modalidade e mostra por que ela é considerada uma oportunidade. Confira!

O que são ativos de Crédito Privado?

Antes de falarmos sobre os Fundos de Crédito Privado, é importante definir o que é um ativo de Crédito Privado. Afinal, essa é uma noção básica para entender essa categoria e seus benefícios.

Assim sendo, os ativos de Crédito Privado são títulos de Renda Fixa emitidos por empresas de diversos setores com o objetivo de financiar suas atividades e projetos. Eles podem ser pré ou pós-fixados e têm prazos variados.

Sempre que falamos em Renda Fixa, é comum lembrarmos do Tesouro Direto. No entanto, assim como o Governo, as empresas também podem precisar de capital para pagar dívidas ou expandir sua atuação. Para isso, elas emitem vários títulos, como:

  • Debêntures;
  • Notas Promissórias;
  • CRI e CRA.

O que são Fundos de Crédito Privado?

Os Fundos de Crédito Privado são uma modalidade de Fundos de Investimento composta, em sua maior parte, por ativos de Renda Fixa emitidos por empresas privadas. A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) informa que, para ser enquadrado nessa classificação, o Fundo deve ter mais de 50% do seu patrimônio nesse tipo de título.

Na prática, ao fazer esse investimento, você emprestará dinheiro para instituições privadas e, em troca, será remunerado com juros ao longo do tempo. Tudo isso, claro, contando com a ajuda de um gestor profissional monitorando a carteira.

Quais são seus riscos?

Analisando as características do Fundo de Crédito Privado, é possível concluir que seu principal objetivo é obter uma rentabilidade acima do CDI. Como você sabe, quanto mais rentável é um ativo, maior será o seu risco.

Sendo assim, o risco de crédito é o principal problema enfrentado por quem investe nessa modalidade. Afinal, a empresa emissora do título pode quebrar e enfrentar dificuldades econômicas, tornando-se inadimplente.

Ainda assim, é importante destacar que esses negócios passam por um exame de especialistas em análise de risco. Eles verificam suas condições financeiras e aplicam uma pontuação, que demonstra sua capacidade de arcar com os compromissos assumidos.

Não podemos esquecer também que esse tipo de risco pode ser minimizado com a diversificação da carteira de investimentos. Afinal, aplicar dinheiro em títulos emitidos por empresas diferentes evita perdas expressivas.

Qual a carência dos principais Fundos dessa classe?

A carência é mais um aspecto relevante sobre os Fundos de Crédito Privado. Afinal, depois de quanto tempo o investidor pode resgatar o seu dinheiro?

Sobre isso, é importante saber que há diversas opções no mercado. Porém, na maioria dos casos, é possível solicitar o resgate a qualquer momento, desde que alguns prazos sejam obedecidos.

Dessa forma, ao fazer suas pesquisas, você poderá encontrar Fundos que dispensam qualquer carência e outros com prazos, como 15, 45 e 60 dias. Conhecer esse dado é fundamental para sua estratégia de investimento. Por isso, fique atento!

Qual a rentabilidade e liquidez desses Fundos?

Falar sobre rentabilidade e liquidez é sempre importante quando estamos avaliando alternativas de investimento. Isso porque essas informações podem ajudá-lo a definir o ativo ideal, ou seja, aquele que atende aos seus objetivos e está de acordo com o seu perfil de investidor.

Não há dúvidas de que o mercado de crédito privado não dispõe da mesma robustez que o de títulos públicos. Com isso, nem sempre é fácil encontrar um título que atenda exatamente aos parâmetros desejados, como prazo e juros.

O que isso significa? Em geral, a rentabilidade e a liquidez dos Fundos de Crédito Privado podem sofrer variações. Entretanto, eles entregam resultados melhores em um contexto de queda na taxa de juros.

Assim, além de ser possível conquistar rendimentos maiores para os seus investimentos em Renda Fixa, há a oportunidade de fazer resgastes imediatos — como vimos, muitas opções dispensam carência.

Apesar disso, existem Fundos com prazos mais longos — e, consequentemente, de baixa liquidez. Sendo assim, antes de adquirir sua cota, é fundamental observar se você precisará desse dinheiro em um curto espaço de tempo e se poderá sacá-lo com rapidez.

Quais os principais benefícios desse tipo de produto?

Até aqui, você entendeu que os Fundos de Crédito Privado são escolhas interessantes para quem está em busca de diversificação e rentabilidade dentro da Renda Fixa. Mas esses não são os únicos benefícios desse tipo de investimento. Conheça mais alguns!

Administração feita por profissionais

Em primeiro lugar, assim como os demais Fundos de Investimento, essa modalidade é administrada por profissionais. Gestores qualificados e experientes acompanham o desempenho dos ativos, esforçam-se para manter uma boa rentabilidade e produzem relatórios de Fundos que podem ajudá-lo.

Diversas alternativas de setores para investir

O mercado empresarial é muito amplo, por isso, inúmeras organizações conseguem emitir títulos privados. A consequência disso é uma boa variedade de setores para se investir, dando à pessoa condições de escolher aqueles que têm um melhor desempenho.

Lembre-se de que a diversificação é sempre um ponto positivo no mundo dos investimentos, pois diminui consideravelmente o risco.

E então, o que achou dos Fundos de Crédito Privado? Sem dúvidas, diante do bom retorno que eles proporcionam, estamos diante de uma opção interessante para quem procura por papéis de Renda Fixa. Mas vale o alerta: para evitar problemas e garantir que seu dinheiro seja aplicado em ativos confiáveis e rentáveis, é interessante contar com o auxílio de profissionais, já que há muitas análises a serem feitas. Com isso, suas chances de sucesso serão bem maiores.

Quer aprender mais sobre o tema? Confira mais um post do nosso blog e tire todas as suas dúvidas sobre Fundos Multimercados!

Deixe seu comentário

Instagram has returned invalid data.