• Pesquisar

Descubra o que é hedge e como proteger seus investimentos

Uma das maiores preocupações na Bolsa de Valores, especialmente para os investidores iniciantes, é o risco de prejuízo. Por isso, o fator risco é um dos parâmetros mais importantes ao avaliar oportunidades. Assim, saber o que é hedge é pré-requisito para quem quer ser um trader profissional.

Por um lado, é possível escolher produtos conservadores que acompanhem seu perfil de investidor, limitando grandes oscilações. Por outro, o trader pode construir estratégias de travas que reduzam o impacto de ativos mais voláteis. Assim, é possível explorar maiores margens de lucro.

Neste artigo, você vai descobrir o que é hedge e como aplicar essa estratégia para proteger seus investimentos. Boa leitura!

O que é hedge

Hedge (“cerca”, em tradução livre) é uma estratégia de cobertura dos valores de determinado ativo financeiro. O objetivo é equilibrar o impacto potencial da oscilação do ativo, garantindo a proteção do capital numa eventual queda do mercado.

Apesar de o foco ser direcionado à segurança dos investidores, o hedge protege todo o sistema financeiro. Afinal, se não fosse a possibilidade de negociar preços futuros, alguns produtos do mercado seriam muito sensíveis à inflação.

Com a negociação de preços futuros, portanto, produtores podem, por exemplo, garantir a saída de seus produtos a preço justo. Esse é um tipo de hedge que livra agentes do mercado de estarem a mercê da oscilação especulativa.

Como funciona o hedge?

Basicamente, o hedge funciona como uma balança da relação lucro/prejuízo. Normalmente, o contexto de um ativo financeiro permite um “contrário”, em que a relação de seus preços é inversamente proporcional.

Assim, quando o preço de um ativo cai, o do outro sobe, dado o cenário econômico a que estão relacionados. Um bom exemplo é o Ibovespa e o Dólar americano. Frequentemente, quando o mercado brasileiro sofre queda, os investidores se protegem no Dólar. Isso provoca o aumento do valor dessa moeda sobre o Real.

Os tipos existentes

Cada contexto econômico permite hedges com diferentes tipos de ativos financeiros. A maior parte das possibilidades está nos derivativos. O Mercado de Futuro e o de Opções, por exemplo, permitem construir estratégias sob medida para cada investidor.

Desse modo, dependendo da tolerância a risco de cada um, é possível limitar a chance de perda conservando margens de lucro. Alguns dos hedges possíveis do Mercado de Valores são:

  • commodities com contratos futuros;
  • câmbio sobre mercados;
  • Ações com diversas estratégias;
  • Fundos com hedge de proteção etc.

Vantagens do hedge

A principal vantagem do hedge é, obviamente, proteção do capital. A estratégia, no entanto, cria diversas oportunidades para investidores mais conservadores, como por exemplo:

Como fazer hedge para proteger os investimentos

Há diversas maneiras de fazer hedge e garantir a proteção de seus investimento. Contudo, todas envolvem posicionamento em pelo menos dois ativos diferentes. Você pode, por exemplo, manter uma carteira de Ações ao mesmo tempo em que negocia contratos de Índice.

Também é possível se proteger da exposição ao Mercado de Capitais se posicionando em Dólar. Outra alternativa é manter contratos de Opções até o vencimento, e só executá-los em caso de prejuízo.

Neste artigo você aprendeu o que é hedge e como você pode proteger seus investimentos por meio dessa estratégia. Lembre-se, no entanto, de que montar uma estratégia inteligente exige conhecimento desses instrumentos financeiros.

A Ativa Investimentos tem toda a expertise necessária para auxiliar você no seu aprendizado. Então, entre em contato conosco e descubra todas as formas com que podemos contribuir para o crescimento do seu patrimônio!

Powered by Rock Convert
Deixe seu comentário

Instagram has returned invalid data.