Carnaval é na rua! São Paulo gera bilhões com blocos de rua e já é – financeiramente – o maior do Brasil

Ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai…. Está chegando a hora!! Foliões de todo o Brasil já estão se preparando para vivenciar os renomados carnavais de rua que se espalham pelos Estados brasileiros. Com uma história rica e variada, o crescimento desses eventos pode ser atribuído a uma série de fatores ao longo do tempo. Além da tradição cultural que permeia essa celebração, a democratização do acesso, a expressão cultural e criatividade, e, especialmente, o turismo e a economia têm impulsionado esse crescimento.

O que muitos participantes dos grandiosos carnavais de rua de Salvador e Rio de Janeiro talvez não saibam é que, do ponto de vista financeiro, São Paulo emergiu como o epicentro do Carnaval de Rua, gerando uma receita bilionária com a festividade. Se deseja compreender melhor esse boom carnavalesco na “selva de pedra”, continue lendo o #AtivaTrends de hoje!

Cidade grande, blocos gigantes!

Sem dúvida, o Carnaval representa um dos períodos mais lucrativos para os municípios brasileiros. Esta festa, oficialmente estendida por 4 dias, supera em muito as famosas celebrações de Réveillon do Brasil. Turistas de todo o mundo buscam visitar o país durante o período carnavalesco, destacando cidades como Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador.

Tanto no Rio de Janeiro quanto em São Paulo, além dos deslumbrantes desfiles de Carnaval nas avenidas, os blocos de rua crescem em popularidade a cada ano (sim, é possível expandir algo que já é gigantesco!). São Paulo está se mostrando cada vez mais forte na corrida para se tornar a referência durante esse período e já é, em termos financeiros, o maior do Brasil!

Dados estatísticos do Observatório de Turismo e Eventos da SPTuris (OTE) mostram que o Carnaval de rua é um fator de estímulo ao turismo e à economia em geral na cidade. Em 2023, os 462 blocos de rua da capital paulista reuniram cerca de 15 milhões de pessoas e tiveram um impacto econômico estimado em R$2,9 bilhões somente com turismo. O gasto médio dos turistas é de R$1.150 durante 4,6 dias. Para 2024, a capital está programada para receber 579 blocos, 117 a mais que no ano anterior, o que deve consequentemente aumentar o número de visitantes, já que no ano passado apenas 8,2% dos foliões eram de fora da cidade, confirmando o potencial de crescimento do evento.

No entanto, apesar do impressionante número de participantes, São Paulo ainda não é o maior destaque do Carnaval. Se considerarmos todo o movimento carnavalesco, incluindo os desfiles deslumbrantes da Sapucaí, no Rio de Janeiro, este ainda se mantém como o maior, superando Salvador e São Paulo.

 São Paulo na mira de grandes patrocinadores

Estar entre os gigantes traz consigo não apenas a grandeza das festividades, mas também patrocínios de proporções monumentais. Um exemplo notável é o Carnaval de rua do Rio de Janeiro, que atrai investimentos massivos. No entanto, o destaque de São Paulo não passa despercebido, e a empresa de bebidas Ambev S.A (ABEV3) está canalizando sua atenção e recursos para a capital paulista.

Segundo a prefeitura, a Ambev venceu novamente a licitação para patrocinar o Carnaval de rua de São Paulo por R$26,6 milhões em 2024, um aumento de R$1 milhão em relação ao contrato do ano anterior. Esse investimento robusto reflete o potencial crescente e a atratividade do Carnaval paulistano.

Os desfiles dos blocos de rua da cidade começam em 3 de fevereiro com o pré-carnaval e se estendem até 18 de fevereiro com o pós-folia, totalizando oito dias de festa. A Prefeitura de São Paulo estima uma participação de 15 milhões de pessoas nos festejos de rua deste ano.

Com isso, São Paulo não só demonstra sua força no cenário carnavalesco, mas também atrai grandes investimentos, consolidando sua posição como um dos principais destinos para os foliões durante essa época do ano.

Por Eduarda Menezes

Para impulsionar os seus investimentos, assine nossa newsletter para mais conteúdos exclusivos

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.