BDRs: Entenda o que são e como funcionam

No mercado financeiro brasileiro existem inúmeras alternativas de investimentos. Entre elas está o que é chamado de BDR, que costuma ser desconhecido para inexperientes do ramo. Mas ainda pode ser usado para diversificar investimentos e expandir sua experiência na área.

Quer saber mais sobre essa modalidade? Então confira esta leitura para saber o que são BDRs, quais são seus tipos e níveis, o código e negociação, vantagens e riscos, os custos e outros tópicos relevantes.

O que são BDRs?

A sigla BDR significa Brazilian Depositary Receipts, mas também é chamado de Certificado de Depósito de Valores Mobiliários (CDVM). São certificados que representam Ações emitidas por empresas do exterior, mas são negociadas na Bolsa de Valores do Brasil (B3).

Imagine que uma pessoa queira obter Ações de uma empresa cuja sede esteja nos Estados Unidos. Basta investir em um BDR que contenha as Ações da empresa almejada.

Isso significa que não será preciso abrir conta em corretora norte-americana, enviar recursos ao exterior e negociar na NYSE ou NASDAQ. Porém, quem terá adquirido os ativos será o BDR em questão, e não o investidor que alocou os recursos no investimento.

Os títulos geralmente são provenientes do mercado secundário — novas ofertas públicas de empresas — e negociados por instituições autorizadas pela CVM. No Brasil, as entidades que emitem BDRs são denominadas instituições depositárias.

O que deve ser feito para investir no BDR é similar aos demais tipos de investimentos, como Fundos de Ações, Imobiliários, entre outros. Será necessário que o interessado use plataformas de negociações adequadas, como Home Broker ATIVA.

Qual é seu código de negociação?

Os investidores podem identificar os BDRs a partir de um código de negociação. Ele tem 4 letras maiúsculas que representam a empresa estrangeira e 2 números que mostram o tipo de BDR. Veja o tipo de certificado e seus respectivos códigos:

  • patrocinados nível I: não há um número fixo no fim do código de negociações;
  • patrocinados nível II: terminam com 32;
  • patrocinados nível III: finalizam com 33;
  • não patrocinados: podem terminar com 34 ou 35.

Por exemplo, o código BABA34 diz respeito à empresa chinesa Alibaba e o BDR é não patrocinado. Outro exemplo é CZLT33, que trata da Cosan com BDR patrocinado nível III.

É importante ficar atento às mudanças de tipo de BDR que as empresas podem sofrer no mercado. Se um código finalizado em 11 agora termina 32, ele mudou seu BDR do nível I para II, por exemplo.

Quais as vantagens e riscos de investir em BDRs?

O principal benefício do BDR consiste na maior praticidade para investir no exterior, já que a burocracia é minimizada. Além disso, todas as operações BDR são realizadas em reais, o que facilita e barateira o procedimento.

Portanto, o momento ideal para investir em BDR é quando o investidor encontra oportunidades em um mercado estrangeiro. Porém, ele não tem tempo para abrir conta na corretora do exterior, adquirir moeda estrangeira e fazer transferência.

Outra vantagem é diversificação mais ampla da carteira de investimentos, já que você terá acesso a várias empresas do mundo.

Entretanto, é fundamental conhecer e ficar atento aos riscos existentes nessa modalidade, que são similares aos das ações. Os BDRs são bastante voláteis e têm valores alterados conforme mudanças no segmento da empresa ou economia do país.

Para minimizar esses erros, é importante dedicar um tempo para estudar os papéis e as empresas ligadas aos BDRs. Também é necessário conhecer o seu perfil de investidor e montar a carteira compatível com ele.

Há custos e tributações envolvidas?

Os custos também são parecidos com os presentes na negociação de ações. É necessário pagar uma taxa de corretagem para realizar cada operação de compra ou venda. Também é possível que a corretora cobre uma taxa de custódia.

Quanto aos tributos, há incidência de 15% de Imposto de Renda (IR) sobre todos os ganhos obtidos com operações. Se houver dividendos (distribuição de lucros), eles são repassados aos investidores de acordo com a legislação brasileira.

Para investir no DBR é fundamental buscar uma boa empresa que atue como corretora e plataforma aberta de investimentos. A Ativa Investimentos é a melhor solução para quem deseja começar a investir nessa modalidade.

A Ativa Investimentos tem mais de 35 anos de experiência e oferece diferentes serviços para que você tenha sucesso no mercado:

  • auxílio técnico de profissionais especializados na área;
  • área de Research, que promove análises técnicas de alta qualidade, recomenda carteiras, disponibiliza salas ao vivo e mais;
  • produtos financeiros próprios e parcerias com instituições bem conceituadas no mercado; e mais.

O BDR pode ser uma boa oportunidade para que você consiga diversificar sua carteira e encontre novas oportunidades lucrativas no mercado. Entretanto, será preciso ter o apoio de uma empresa que ofereça soluções, análises e suportes completos.

Que tal saber mais sobre a Ativa Investimentos e como ela ajudará no seu sucesso? Então abra já sua conta gratuitamente.

Powered by Rock Convert

Invista com a gente!

É prático, rápido, seguro e não tem custo. Você pode acessar sua conta de onde quiser e ainda ter vantagens exclusivas.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.