JUST DO IT: o boom da Nike!

A Nike foi fundada em 1971, nos Estados Unidos, após os empresários importarem e modificarem tênis do Japão para revenda. Atualmente, a marca é responsável por fabricar e comercializar calçados, roupas e acessórios, destacando-se como uma das companhias de equipamentos esportivos mais valiosas do mundo. E uma das mais ricas também!

A varejista de esporte divulgou seus últimos números, mostrando uma receita acima do previsto pelo mercado, apesar da alta inflação. Além da moda do Air Jordan durante a pandemia, a Nike tem muito a agradecer à retomada da normalidade. Com as atividades de volta, a empresa viu uma forte demanda por roupas e tênis esportivos na América do Norte e na Europa. Para ficar por dentro do boom financeiro da empresa, continua aqui no #AtivaTrends da semana!

De Nike da cabeça aos pés!

De acordo com a marca que é sucesso em quase todo o mundo, a demanda por tênis e roupas esportivas se manteve em grande parte no quarto trimestre fiscal, apesar do bloqueio do Covid na China e de um ambiente de consumo mais difícil nos EUA. Porém, como nem tudo são flores e mundo ainda sofre com os impactos da pandemia, eles também afirmaram que desafios como custos de transporte mais altos e tempos de envio mais longos persistem.

Mesmo com os altos e baixos, a Nike antecipou que a receita do primeiro trimestre ficará estável ou ligeiramente acima do ano anterior, pois continua gerenciando a interrupção do Covid na Grande China.

Veja como a Nike se saiu em seu quarto trimestre fiscal em comparação com o que Wall Street estava antecipando, com base em pesquisas:

  • Lucro por ação: 90 centavos X 81 centavos esperados
  • Receita: US$ 12,23 bilhões X US$ 12,06 bilhões esperados

A empresa divulgou lucro líquido para o período de três meses encerrado em 31 de maio de US$ 1,44 bilhão. É o mundo vestindo Nike da cabeça aos pés!!

Além de se acostumar com o momento pós-pandêmico, a empresa está no meio de uma mudança estratégica. A Nike está aumentando suas vendas diretas e reduzindo a quantidade de peças vendidas por parceiros do atacado, aproveitando de sua construção de marca.

Olhando para o futuro, a marca está atenta ao aumento da inflação, que pode fazer com que os consumidores optem por marcas de preços mais baixos.

Quero lucrar com a Nike! Como eu faço?

O mundo dos investimentos é cheio de oportunidades, inclusive de opções para investir no exterior. É por meio de BDRs que investidores brasileiros conseguem aplicar seu patrimônio em ações listadas na bolsa norte-americana sem a necessidade de abrir conta em uma corretora de lá. Esses tais BDRs são certificados que representam Ações emitidas por empresas do exterior, mas são negociadas na Bolsa de Valores do Brasil (B3).

Em 1980 a Nike abriu seu capital na bolsa. A partir dos anos 1980 a empresa diversificou sua linha de produtos. Em 1988 comprou a Converse e a Cole Haan (vendida em 2012). Em 1994 comprou a Canstar Sports, vendida em 2008. Em 1996 a companhia lançou uma linha para esportes extremos.

A marca está listada na B3 com a BDR NIKE34. Também está no mercado fracionado (NIKE34F).

BDRs podem ser uma boa oportunidade para que você consiga diversificar sua carteira e encontre novas oportunidades lucrativas no mercado. Entretanto, será preciso ter o apoio de uma empresa que ofereça soluções, análises e suportes completos.

Por Eduarda Menezes

Receba conteúdos exclusivos no seu e-mail

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.