Mercado fracionário: entenda o que é e quais suas implicações

O mercado fracionário é uma ótima alternativa para quem deseja iniciar seus investimentos no Mercado de Ações. No entanto, para quem nunca investiu nessa modalidade, é comum que surjam várias dúvidas. Algumas delas são se vale a pena fazer esse tipo de investimento e qual é a diferença para o mercado integral.

Então, se você quer tomar a decisão correta antes de adquirir papéis, continue esta leitura. Aqui, você aprenderá o que é o mercado fracionário, para quem ele é direcionado e qual a relação entre custo e risco.

O que é mercado fracionário?

Resumidamente, é uma forma de adquirir Ações sem um lote mínimo. O mercado tradicional é o integral, em que geralmente são vendidos apenas lotes de 100 papéis. No mercado fracionário, é possível adquirir qualquer quantidade de uma Ação entre 1 e 99.

Na prática, acesse sua plataforma de investimentos, busque pelo nome da Ação e acrescente a letra F (fracionado) na frente. Por exemplo, se você pretende adquirir “PTR4”, mude o código para “PTR4F” para comprar quantas unidades quiser.

Geralmente, as corretoras cobram um valor de corretagem mais baixa em relação ao lote padrão, já que os lucros advindos das Ações (sejam dividendos ou pelas vendas) também serão menores. É muito importante saber que não existe mercado fracionário de Opções de Ações, as quais são comercializadas apenas em múltiplos de 100, como cem, mil, dez mil etc.

Para quem é o mercado fracionário?

A aquisição de lotes pode ser inviável para quem tem poucos recursos disponíveis para investimentos. E foi para auxiliar o pequeno investidor que foi criado o mercado fracionário. Graças a ele, agora um amplo rol de indivíduos é capaz de começar a investir em Ações.

Entretanto, ele também é recomendado para quem não tem muito conhecimento sobre o mercado de renda variável e almeja entrar nele. Ao comprar ativos fracionados, você confere se esse tipo de investimento é adequado para seus objetivos. Por essa razão, é essencial conhecer o perfil de investidor antes de escolher onde investir, o que pode ser feito pelo teste de suitability oferecido pela corretora.

Por fim, outra utilidade do mercado fracionário é diversificar a carteira de investimentos sem despender uma grande quantia de recursos.

Qual é a relação entre custo e risco no mercado fracionário?

Saiba que o risco presente nas Ações não é reduzido quando se adquire frações dos ativos. Entretanto, o investidor assume esse risco com um custo menor. As frações são uma ótima alternativa para testar seus conhecimentos sobre uma empresa e mercado acionário.

Quando o investidor tiver mais confiança sobre seus investimentos, passará a adquirir os lotes de Ações. Com essa estratégia, o mercado financeiro também vai ser bastante vantajoso para players com conhecimento intermediário ou avançado sobre investimentos. Outras informações relacionadas aos riscos que o investidor precisa saber são:

  • maior risco de spread: o valor de cada ativo pode ser maior quando comparado ao lote dos papéis. Esse risco acontece porque há menor liquidez no mercado fracionário;
  • maior risco de slippage: o investidor não consegue executar uma operação no preço que pretendia.

Antes de entrar no mercado fracionário, é importante contar com uma empresa de investimentos. A Ativa Investimentos é a melhor solução para investir nesse ambiente, pois fornece carteiras recomendadas, ferramentas para investimentos iniciantes, avançados e intermediários, salas ao vivo para acompanhar o mercado e mais.

Gostou deste post sobre mercado fracionário e quer começar a investir? Então, entre em contato conosco para tirar quaisquer dúvidas e crie sua conta gratuitamente.

Powered by Rock Convert

Invista com a gente!

É prático, rápido, seguro e não tem custo. Você pode acessar sua conta de onde quiser e ainda ter vantagens exclusivas.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.