Swap cambial: entenda o que é e como funciona

Se você acompanha o telejornal diariamente, provavelmente já ouviu falar em Swap Cambial. Afinal, é só o dólar subir um pouco acima do previsto e o Banco Central realiza esse tipo de operação. Se você já ouviu falar nesse termo, mas não sabe o que ele significa, precisa aprender, porque esse tipo de contrato tem impacto direto no mercado de dólar futuro.

Essa ferramenta é muito usada sempre que o dólar dispara em relação ao preço do real no mercado de câmbio e isso tem um impacto significativo em nossas vidas. Mesmo que você não invista no mercado cambial, a oscilação do dólar afeta o preço de remédios, comida e muito mais. Por isso, quando o dólar sobe ou desce, isso afeta o seu bolso de várias maneiras.

Portanto, é importante entender o que é Swap Cambial e quando ele acontece. Além disso, é vital compreender os seus impactos para poder se posicionar no mercado do jeito certo. Quer saber tudo isso? Leia abaixo!

O que é Swap Cambial?

Uma das dificuldades de entender o que é Swap Cambial é o fato de que esse mecanismo tem uma explicação um pouco complicada, apesar de um funcionamento relativamente simples. 

O Swap Cambial é um processo financeiro que tem funções específicas. A primeira delas é tentar controlar indiretamente a oscilação da cotação do dólar. A segunda é criar uma ferramenta de Hedgepara empresas ou investidores com dívidas ou patrimônio em dólar.

Como essa modalidade de negócio funciona?

Se a explicação acima ficou um pouco confusa, vamos ver um exemplo simples de como funciona o Swap Cambial.

Suponha que exista uma empresa que precise importar materiais para sua produção. Essa empresa, portanto, tem dívidas em dólar, pois compra produtos no mercado internacional. Para efeitos de exemplo, vamos dizer que a empresa tenha uma dívida a pagar de US$1 milhão em 6 meses. Ao mesmo tempo, ela tem de recebíveis o equivalente a R$4,5 milhões nesse mesmo período.

Se a cotação do dólar ficar até R$4,49, a empresa não terá problemas para honrar seu compromisso. Afinal, US$1 milhão vezes R$4,49 é igual a R$4,49 milhões. Correto?

Agora suponha que o dólar começou a subir e bateu perigosamente em R$4,47. A empresa entra em desespero. Ainda faltam 6 meses para a dívida e ela quase ultrapassou o limite. Nesse caso, ela precisa se proteger de uma subida constante do dólar. O Swap Cambial é um ótimo mecanismo para ela. 

Suponha que, nesse caso, o governo propõe um Swap Cambial com a taxa DI de seis meses. Atualmente, esse valor é de 0,95%. Portanto, se o dólar subir mais do que 0,95% nesses seis meses, o governo precisa pagar a diferença para a empresa. Se não subir, é a empresa que paga a diferença para o governo.

Para finalizar o exemplo, suponha que o dólar subiu para R$4,60 nesse período. Ou seja: quase 1,03%. Como é mais do que a taxa DI, a diferença de valor (0,08%) é paga pelo governo. Enquanto isso, a empresa se protege com a cotação do dólar que era interessante para ela.

Quais os impactos do Swap Cambial no dólar futuro?

Para poder entender como o Swap Cambial afeta a sua vida de investidor, precisamos falar sobre o dólar. Todos os dias, o telejornal apresenta a oscilação da moeda americana para a população. Se você entrar no caderno digital de economia de um grande portal, verá essa informação também. Isso acontece por uma razão bem simples: o dólar tem um impacto enorme na vida das pessoas.

Empresas importam frequentemente matéria-prima para trabalhar. Essa importação é paga em dólar. Se a cotação sobe, sobre o material e sobre o preço do produto. Ao mesmo tempo, certas empresas podem exportar sua produção. Se o dólar sobe, elas exportam ainda mais, o que faz com que falte aqui no mercado interno. Foi o que aconteceu com o arroz em 2020.

Como os contratos de Swap oferecem uma maneira de se proteger dessa oscilação, eles freiam a necessidade das pessoas de comprar dólares. Isso tem um impacto no mercado futuro da moeda.

Até mesmo se você quiser saber como escolher fundo de investimento, precisa ter atenção a isso. Afinal, um cenário de dólar oscilando pode ser positivo (ou não) para um Fundo Cambial.

Agora que você já sabe o que é Swap Cambial, já pode usá-lo nas suas estratégias de trade no mercado futuro de mini dólar. Lembre-se de ter atenção ao tamanho, frequência e aceitação dos contratos para não errar no seu posicionamento.

Quer saber se um Swap Cambial será necessário em algum momento de 2021? Então veja nossas previsões para a economia nacional neste ano!

Powered by Rock Convert

Invista com a gente!

É prático, rápido, seguro e não tem custo. Você pode acessar sua conta de onde quiser e ainda ter vantagens exclusivas.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.