Long only, long short e long baised: entenda as diferenças

Saber como aplicar seu dinheiro de maneira estratégica é uma das preocupações de muitos brasileiros. Basta ver como o número de pessoas na Bolsa de Valores chegou a mais de 3 milhões de investidores, um número recorde. No entanto, para os novatos, é difícil se localizar no meio de tantos termos complicados, como Long Only, Long & Short e Long Biased.

Se você não quer arriscar na Bolsa e investir diretamente em Ações, pode começar com os Fundos de Investimento. São aplicações um pouco mais seguras por dividirem a carteira em várias estratégias. No entanto, para ter sucesso nessa aplicação, é necessário entender as estratégias Long Only, Long & Short e Long Biased.

Quer saber mais sobre elas e como escolher a que trará mais performance para você? Então siga a leitura do artigo abaixo!

Quais são os tipos de Fundos de Investimento?

Os Fundos de Investimento são opções muito interessantes para quem busca por aplicações moderadas. Ou seja, para quem deseja explorar suas opções de Renda Fixa ou Renda Variável, mas com uma gestão profissional e salvaguardas.

Por causa disso, existem vários tipos diferentes de Fundos de Investimento no mercado. Confira abaixo a classificação criada pela Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) em 2015:

  • Renda Fixa;
  • Multimercado;
  • Ações;
  • Cambiais.

Cada um desses tipos de Fundos de Investimento trabalha com um produto diferente. Como o nome indica, os de Renda Fixa são focados em títulos de Renda Fixa (Tesouro Direto, CDB, etc.). Já os Fundos de Ação destinam a maior parte da sua carteira para a compra e venda de papéis na Bolsa.

No entanto, é importante entender que, mesmo entre essas categorias, existem subdivisões. Essas subdivisões têm a ver com a estratégia utilizada pelos gestores dos Fundos. É aí, portanto, que entram os termos Long Only, Long & Short e Long Biased.

Esses termos descrevem diferentes estratégias de investimento, com base nas movimentações que o Fundo faz. Portanto, um Fundo Long Only terá uma estratégia e um desempenho diferente de um Long & Short.

O que é Long Only?

“Long” é um termo do mercado financeiro que descreve quando um investidor está “comprado” em uma posição. Ou seja, ele comprou uma ação no mercado e agora aguarda que ela se valorize no futuro. O prazo da valorização, no entanto, dependerá da sua forma de agir.

Quem opera em Day Trade, por exemplo, busca valorizações em poucas horas. Já quem opera em Swing Trade aguarda alguns dias. Por fim, quem opera em Buy‘n’Hold espera a valorização em muitos anos.

Um Fundo de Investimento Long Only é um tipo de Fundo de Ações que foca somente em comprar ações. É claro que ele eventualmente vende os papéis depois que eles se valorizam. No entanto, não faz operações short (vendido) de nenhuma forma.

Por causa disso, os Fundos Long Only são fundos de desempenho direcional, que crescem quando o mercado está em alta. Na prática, portanto, são boas opções em momento de Bull Market (quando o mercado está otimista).

O que é Long & Short?

Um Fundo de Investimento Long & Short, no entanto, faz outra operação que um Long Only não faz. Ele atua vendido (ou, no termo técnico, em “short”).

Um short, como nosso Glossário Financeiro explica, é vender uma ação apostando na sua desvalorização. Basicamente, o investidor pega um papel emprestado no mercado e o vende. Depois que essa ação se desvaloriza, ele a recompra e devolve ao dono original. O lucro obtido é a diferença de preço no início e no final da operação.

Portanto, um Fundo Long & Short faz negócios em pares, atuando tanto comprado quanto vendido. Dessa forma, o Fundo pode se preparar para qualquer tipo de cenário. Se o mercado se valorizar ou desvalorizar, o Fundo ganha de qualquer forma.

Como as operações de Long & Short são feitas em simultâneo, os Fundos de Investimento do tipo podem buscar por papéis de correlação negativa. Ou seja: um se valoriza e outro se desvaloriza.

Essas combinações podem ser intersetorial (com empresas de setores diferentes) ou intrassetorial (da mesma área). No entanto, também é possível fazer Long & Short com ações de uma mesma empresa (ON x PN) ou de um mesmo grupo (Subsidiária x Holding).

O que é Long Biased?

Por fim, um Fundo de Investimento Long Biased fica no meio do caminho entre os dois exemplos anteriores. Tecnicamente, eles podem operar tanto vendido quanto comprado. No entanto, eles têm um “viés comprado”, que dita a maior parte da sua estratégia.

Na prática, se o Long Only tem desempenho direcional acompanhando o mercado na subida, o Long Biased pode se defender na descida também. Ou seja, quando a situação é de crise, o gestor do Fundo pode fazer operações vendidas para lucrar.

Qual a diferença entre elas?

O Long Only é um Fundo recomendado para momentos de tendências de subida na Bolsa. Logo, se o mercado está otimista, é provável que as ações se valorizem. Assim, o Long Only acompanha esse movimento.

O Long & Short, no entanto, é o mais recomendado para momentos de alta volatilidade. Nessas situações, algumas ações se valorizam e outras não. Portanto, o gestor pode aumentar o lucro com ambas. Além disso, é uma estratégia anti-crise. Como não acompanha a tendência do mercado, pode ser lucrativo mesmo em momentos de queda.

Por fim, o Long Biased é um tipo de Fundo de Investimento menos volátil. Na prática, isso significa que ele pode dar um pouco mais de segurança e estabilidade que os outros. No entanto, ele depende muito da capacidade de leitura do seu gestor. 

Qual apresenta a melhor performance?

Não existe uma resposta simples para escolher os melhores Fundos de Investimento do mercado. É necessário, portanto, ler o mercado e a lâmina de cada um e entender o que é mais adequado em cada situação.

Em 2019, por exemplo, os Fundos Long Only foram os melhores. Isso porque foi um período de muito otimismo e crescimento de mais de 30% no Ibovespa. No entanto, a crise do novo Coronavírus trouxe mais instabilidade ao mercado financeiro.

Nessa situação, dentre os Fundos de Ações, os de Long & Short são os mais indicados. Isso porque eles são mais flexíveis para momentos de alta volatilidade, como têm sido os últimos meses.

No entanto, tão importante quanto escolher o Fundo correto é selecionar um parceiro adequado. A Ativa Investimentos pode ser essa parceira para você. Afinal, nós oferecemos todo o suporte para que você possa tomar as suas decisões de investimento bem munido de informações.

E aí, está pronto para investir com a Ativa Investimentos? Então entre em contato com a nossa equipe agora mesmo!

Powered by Rock Convert

Invista com a gente!

É prático, rápido, seguro e não tem custo. Você pode acessar sua conta de onde quiser e ainda ter vantagens exclusivas.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.